Notebookcheck

Análise Curta do Acer Aspire One AOA110 / A110 Netbook

O Original.

A Acer colocou em campo o netbook A110L verão passado. Esses netbooks de 8.9" eram originalmente enviados com o Linpus Linux Lite. Mais tarde aparelhos com o XP foram oferecidos. O notebook testado veio com o Linpus Linux pré instalado, mas foi testado com o Windows XP Home 32-bit como sistema operacional. Essa análise irá mostrar até onde o AOA110-Aw chega de acordo com nossos critérios e sob quais circunstâncias é possível a troca para o Windows XP.

Acer Aspire One AOA110

Enquanto isso, a Acer lançou alguns outros netbooks Aspire One. Além do A150 (L or X), uma vesãolevemente melhorada do netbook de tela de 8.9" apresentando um disco rígido um pouco maior e um módulo UMTS (3G) opcional, a Acer agora também oferece modelos maiores com tela de 10". Um exemplo é o Aspire One D150, que nós testamos recentemente e que não está mais disponível com o Linux.

No que diz respeito aos nomes dos modelos do AOA110-Aw, pode ser dito que o AOA110-Aw e o A110L tem o mesmo número de produto (LU.S020A.067) e são também identicos; ele é distribuido na Áustria com o primeiro nome e na Alemanha com o segundo. O "A" seguindo o hifen se refere a versão com o Linux (B irá indicar a versão com o XP) e equivale ao "L" na versão alemã. O "w" indica a cor, branca no nosso caso.

Case

Acer Aspire One A110
As variedades de cor do Aspire One; infelizmente, apenas o azul e o branco estão disponíveis na Áustria.

O A110 com sua tela de 8.9" cabe em uma carcaça relativamente pequena de 249mm de largura, 170mm de profundidade, e 29mm de altura. Esse netbook vem em várias cores, das quais apenas duas estão disponíveis na Europa: branco e azul safira.

O modelo testado apresenta um case branco de alto brilho. Após abrir o netbook uma moldura preta de alto brilho ao redor da tela surpreende o usuário. O teclado e as superfícies circundantes são também brancas de alto brilho. Rapidamente percebemos que este branco é bem resistente contra digitais, então apenas a moldura ao redor da tela as mostra com facilidade. Cada toque, como por exemplo ao ajustar o ângulo de abertura da tela, deixa marcas na moldura. As superfícies lisas, especialmente na área do descanso de pulso, não passam uma sensação tátil muito boa.

O case de plático apresenta de manaeira geral uma boa estabilidade e resistência a torções, podemos facilmente levantá-lo por qualquer canto. Os descansos de pulso são pontos fracos, eles cedem algo quando uma pressão é aplicada.

As dobradiças da tela parecem ser um pouco pequenas, mas elas são suficientemente estáveis. Elas não previnem completamente a tela de se mover, mas elas são resistentes o suficiente para previnir uma abertura acidental da tampa fechada, já que o netbook não vem com um mecanismo de trava para a tampa. Uma desvantagem das dobradiças resistentes é que ambas as mãos são necessárias para abrir a tampa. Ele vem com uma capa de netbook.

Falando sobre a abertura da tampa: devido ao design o ângulo de abertura é limitado a 155 graus, mas isso não trás nenhuma limitação ao seu uso.

Conectividade

Como o recentemente testado e mais novo Aspire One D150, o A110 apresenta exatamente aquelas conexões, as mesmas que um netbook moderadamente atualizado deve ter. Elas incluem uma saída VGA para se poder conectar um monitor externo, uma conexão de rede, um microfone e um conector de fone de ouvido, um total de 3 entradas USB. Um leitor de cartões multi formato também está incluído, assim como um leitor de cartões SD adicional, que pode ser usado para expandir a memória de armazenamento de massa. Todas as conexões estão nas laterais do netbook, uma vez que a traseira é completamente ocupada pela bateria, e a parte da frente é bem fina devido ao seu ângulo, que apenas permite espaço para o interruptor WLAN. Isso está bastante bom considerando o limitado espaço disponível. Felizmente as conexões que são usadas com muita frequência, como a de energia, saída VGA e rede estão localizadas na parte mais traseira.

Frente: interruptor WLAN
Frente: interruptor WLAN
Lado direito: microfone, fone de ouvido, 2xUSB, leitor de cartões 5 em 1, Kensington Lock
Lado direito: microfone, fone de ouvido, 2xUSB, leitor de cartões 5 em 1, Kensington Lock
Lado traseiro: sem conexões, bateria inserida
Lado traseiro: sem conexões, bateria inserida
Lado esquerdo: expansão de armazenamento via leitor de cartão SD, 1xUSB, LAN, ventilação, VGA, conector de energia
Lado esquerdo: expansão de armazenamento via leitor de cartão SD, 1xUSB, LAN, ventilação, VGA, conector de energia

O acesso para redeired (LAN) do Aspire One A110 é fornecido por um módulo Realtek (Família Realtek RTL8102E PCI-E Fast Ethernet NIC), enquanto a unidade sem fio vem da Atheros (Atheros AR5007EG Adaptador de Rede Sem Fio); ela dá suporte aos usuais padrões 802.11b/g.

Nem Bluetooth ou UMTS (3G) estão disponíveis para o A110.

A Acer é um pouco limitada no que diz respeito a garantia básica fornecida: apenas 12 meses de serviço de balcão são dados. Ela pode ser extendida para até três anos. Essa extensão de garantia para 36 meses Acer Advantage custa 55 Euros e quase pode ser chamada de uma barganha realmente boa. Além disso, uma extensão de garantia para 24 meses também está disponível e é oferecida por cerca de 35 euros.

Sistemas Operacionais

Como mencionado acima, os modelos A110L vem com o Linpus Linux Lite pre-instalado; um CD de recuperação é incluído também. Um drive ótico externo é necessário para dar o boot pelo cd de recuperação. Como alternativa, podemos seguir o guia incluido que mostra como criar um flash drive USB bootável; um computador com um disco ótico e um flash drive USB vazio são necessários para isso. Após isso, o reset para os padrões de fábrica é muito fácil.

Supunha-se que o modelo testado poderia ser usado com internet móvel, mas faltou a possibilidade de testar a configuração de um provedor de serviços com um modem UMTS (3G). Além do que, o Windows XP foi instalado no sistema. Usar uma solução externa UMTS (3G) de um provedor a sua escolha deve ser possível sem nenhum problema, já que a maioria oferece suporte para o Windows. Uma primeira boa notícia: (1) é, (ao contrário do que um vendedor de uma loja austríaca de eletrônicos disse) possível e legal instalar o Windows XP em um A110L, contanto que você possua uma cópia legal do Windows XP. (2) A Acer oferece drivers e utilitários compatíveis com o Windows XP para o A110 no website da empresa.

Depois de dar o boot por um drive ótico externo, executar o Windows foi, a princípio, fácil. Durante a instalação o drive externo não foi mais detectado após um reboot necessário, então a instalação ficou procurando em vão pelo cd do Windows XP. Naquele ponto era impossível mudar a ordem de boot para bootar via cd, pressionando o F12 durante o processo de boot, e as configurações da BIOS eram também ignoradas. No lugar disso o sistema continuava tentando iniciar pelo disco rígido e pedia pelo cd do XP - o que era impossível devido ao fato de se estar usando um drive externo. Infelizmente a rotina de instalação do Windows não permite um cancelamento em um caso como este. O único jeito foi cortar o fornecimento de energia e remover a bateria e depois fazer o boot pelo drive externo fazendo uso da recuperação do Linpus Linus Lite.

Após essa primeira tentativa mal sucedida, alguns experimentos com um CD Live do Linux (Knoppix 6.0) foram feitos. Esses foram promissores, e se concluiu que uma versão do  Linux que possuisse um belo desktop iria cair bem com esse sistema. Usar a rede sem fio não apresentou nenhum problema, mas perder a possibilidade de usar UMTS (3G) para acesso a internet permanecia um problema.

Após o desapontamento da tentativa de se instalar o XP pela primeira vez, nós descobrimos que seria razoável primeiro copiar o conteúdo do cd do XP para o disco rígido local. Nós iniciamos a segunda tentativa de se instalar o XP prontos para copiar o conteúdo do cd do XP para o espaço de armazenamento de massa (que o XP já havia formatado e particionado) com a ajuda de uma versão Live do Linux, nós deveríamos ter experimentado outra falha. Mas isso não aconteceu; a instalação do XP foi direta na segunda tentativa.

Falando de Live CD Linux: com o usado Knoppix CD, foi fácil copiá-lo para um flash drive USB e dar o boot de lá. Tudo que teve de ser feito foi transferir o sistema para o flash via Adriane v1.1 (opções de boot quando se inicia o CD); detalhes estão disponíveis aqui (pendrivelinux.com). Após as primeiras tentativas de caminhar com o Knoppix 6.0, qualquer um pode garantir que é uma pena que sistemas Linux não sejam mais apoiados por produtores de hardware - precisamente porque a Microsoft's monopoliza, de facto, a área de sistemas operacionais de computadores pessoais. Admitimos que os Apple MacBooks são disponibilizados com o MacOS, mas eles não estão massificados no mercado.

Equipamentos de Entrada

Como forma de caber o teclado com 84-teclas em um netbook de 8.9", as teclas tiveram de encolher um pouco. As teclas padrões que apresentam uma largura de 16 millímetros e uma profundidade de 14 millímetros (efetivamente: 12 mm por 12 mm, uma vez que elas são cavadas nos cantos e na frente), elas são bastante pequenas e não muito adequadas para quem tem mãos grandes. A tecla de backspace é especialmente difícil de digitar uma vez que ela é algo pequena. A tecla de enter de duas linhas merece um elogio, especialmente em um netbook tão pequeno. Outra vantagem do teclado é que ele está de acordo com o layout padrão dos teclados.

A sensação ao digitar é algo elástica, porque a área do teclado cede um pouco quando se digita. A resistência das teclas a pressão é um tanto pequena, mas o ponto de pressão é definitivamente perceptível. O fabricante anuncia que o curso mínimo de ação é de 1.6 mm; nenhuma anormalidade pode ser encontrada durante o teste.

O touchpad utilizado realmente não convenceu: de um lado, a superfície do substituto móvel para o mouse (também com um acabamento em alto brilho) poderia ser mais adequada para deslizar; por outro lado, as teclas do touchpad são muito pequenas. Isso torna difícil acertar sem erros as duas teclas que são posicionadas nos lados esquerdo e direito do touchpad. Some-se a isso o fato das teclas não oferecerem nenhum conforto ao digitar: elas são relativamente barulhentas e lerdas. Contudo é possível navegar pela tela com o cursor com precisão, ainda que com alguns agarrões, devido as fracas propriedades deslizantes do touchpad.

Touchpad do Acer Aspire One A110
Touchpad
Teclado do Acer Aspire One A110
Teclado

Uma webcam de 0.3 megapixel com microfone embutido é encontrada na beirada superior da tela, então videoconferencias são possíveis com facilidade com os equipamentos de comunicação do Aspire One A110's.

Tela

A tela de 8.9" WSVGA oferece uma resolução de 1024x600 pixels, que é típica para um netbook. Ela é suficiente para aplicações simples de escritório e para surfar na internet, mas temos de nos adaptar a usar o scroll com frequencia, especialmente na vertical. Hoje em dia muitos websites e aplicações são otimizadas para o comumente utilizado padrão 1280x800 WXGA, que fica particularmente ruim em netbooks.

As informações do fabricante indicam um brilho de tela de 180 nit, esta usa tecnologia LED; infelizmente nós não pudemos confirmar essa informação pois faltou um equipamento de medição. De maneira subjetiva a tela parece ter um brilho suficiente e é relativamente bem iluminada - apenas as partes superiores parecem ser um pouco mais escuras. O preto, em contraste, parece ser um tanto brilhante.

Reflexos ao ar livre

A tela de superfície brilhante "Acer CrystalBrite" não pode ser contada como um ponto forte; em condições de luz desvantajosas, como por exemplo em uso externo, superfícies ofuscantes na tela causam inevitáveis reflexões fortes. Para netbooks móveis que são um convite para uso externo, essa é uma falha essencial.

O ângulo de visão oferecido, tanto horizontal como vertical, é suficiente no que diz respeito a estabilidade do ângulo de visão; contudo, o ângulo de visão estável na vertical é um pouco mais curto. Mudanças na tela podem ser antecipadas, quando não se olha para a tela no ângulo de visão ideal de 90 graus, isso na vertical. Uma mudança no ângulo de visão horizontal causa um aumento nas reflexões.

Ângulo de visão do Acer Aspire One A110
Ângulo de visão do Acer Aspire One A110

Performance

Para resumir a estória: a performance é adequanda para um netbook (já que ele vem com os típicos componentes de um). A CPU usada é uma Intel Atom N270 a 1.60 GHz, 533 MHz FSB e 512 Kb L2 Cache.

O integrado chip Intel GMA 950 é o adaptador gráfico (que também é comumente usado em netbooks) responsável pelas necessidades visuais. Uma vantagem dessa solução é o baixo consumo de energia de apenas 7 watt; a carga de resfriamento do chip também é bastante baixa, o que é favorável para a construção compacta de um netbook.

Este netbook alcançou 2886 pontos no benchmark 3D Mark 2001, e 717 pontos no 3D Mark 03, que é muito dependente da CPU. Ele pode normalmente ser encontrado com 512 Megabyte de RAM o que é definitivamente um gargalho, netbooks equipados de maneira similar e com mais memória RAM levam uma vantagem clara.

Em conclusão podemos dizer que a performance é suficiente para as aplicações mais usadas, assim como para o uso de escritório e de acesso a internet - mas a paciência do usuário é cobrada assim que as aplicações são iniciadas.

3D Mark 2001
3D Mark 2001

O Acer Aspire One A110 que nós testamos veio com 512 MB de RAM (um módulo onboard DDR2 533 MHz SDRAM com 512 MB); o netbook tem apenas um slot soDIMM livre que suporta apenas pentes de 512 MB e 1024 MB, limitando a capacidade total de RAM a 1.5 GB. Como mencionado, a pequena capacidade de RAM, reduz a performance. Uma expansão é altamente recomendável, especialmente para se usar o Windows.

O netbook era equipado com um Mini-SSD de 8 GB. O P-SSD1800 usado em nosso modelo alcançou, comparativelmente, baixas taxas de leitura de 32.4 MB/s no benchmark HDTune, enquanto as taxas de tranferência foram as médias para um drive SSD.

Oito GB de espaço de armazenamento de massa realmente não é muito, mas o netbook oferece um meio simples de expandir o espaço de armazenamento de massa através de leitor de cartões SD desenhado para esse propósito. Uma expansão extra de espaço de armazenamento é possível via um flash drive USB.

Informação do sistema CPU
Informação do sistema Cache
Informação do sistema Chipset
Informação do sistema Ram
Informação do sistema Ram
Informação do sistema GPU
Informação do sistema Hdd
Informações do sistema Acer Aspire One A110
3DMark 2001SE Standard
2886 pontos
3DMark 03 Standard
717 pontos
Ajuda
Cinebench R10
 ConfiguraçõesValor
 Rendering Single 32Bit545 Points
 Rendering Multiple CPUs 32Bit839 Points
 Shading 32Bit274 Points
Velocidade de Transferência Mínima: 21 MB/s
Velocidade de Transferência Máxima: 35.6 MB/s
Velocidade de Transferência Média: 32.4 MB/s
Tempo de Acesso: 0.7 ms
Índice de Explosão: 25.7 MB/s
Uso da CPU: 4 %

Emissões

Ruídos do Sistema

Nós tivemos de nos limitar a considerações subjetivas nessa área também, já que não tivemos acesso a um aparelho de medições. Contudo pode ser dito que a ventoinha funciona de maneira continuada e algo barulhenta, mesmo quando se está em modo ocioso. E ela fica mais ruidosa quando se aumenta o uso, mas o ruído é comparável ao de um transformador e de baixa frequência, o que o torna menos desagradável.

Temperatura

Nós também não tivemos acesso a um aparelho de medições para aferir a temperatura, mas a temperatura, subjetivamente, parecia estar dentro dos limites aceitáveis mesmo sobre alta carga de trabalho, as superfícies não ficaram muito quentes. Na superfície superior o descanço de pulso ficou perceptivelmente mais quente, assim como a área na extrema esquerda, ao redor da ventoinha, no lado esquerdo. A área, no lado inferior, ao redor dessa ventoinha também ficou notavelmente mais quente.

Alto Falantes

Os alto falantes não são particularmente bons para merecerem ser ouvidos: por um lado eles são instalados virados para baixo na beirada frontal angulada; de outro lado, o som de saída é fraco sem nenhum grave. Apenas o volume máximo disponível é suficiente. O uso de fones de ouvido muito bons é recomendável para realmente se poder desfrutar da música.

Bateria

Duração máxima da bateria (Teste BatteryEater Readers)
Readers Test
Duração mínima da bateria (Teste BatteryEater Classic)
Classic Test

Apesar do fato de que o A110 vem com uma bateria de apenas 3-células e 22Wh como padrão, ela ocupa toda a parte traseira.

Como esperado, o netbook alcançou uma duração de bateria medíocre de 109 minutos (1 hora e  49 minutos) em uso constante no teste BatteryEater Classic (máximo brilho de tela, WLAN ligada, perfil de performance máxima). A duaração máxima da bateria é algo curta para um netbook testado com o BatteryEater Reader's (brilho mínimo de tela, WLAN desligada, perfil de economia de energia): o netbook alcançou 217 minutos, o que é cerca de 3.5 horas.

Esse valor, é claro, não pode ser realmente alcançado em circunstâncias normais. Na prática 117 minutos (quase 2 horas) foram alcançadas, usando WLAN para surfar na internet e usando o perfil de "performance máxima"; e isso é meramente cerca de meia hora a mais de trabalho que o mínimo possível. Reduzir a performance ainda mais (por exemplo usando o perfil de economia de energia) não é, definitivamente, recomendável com esse netbook.

Uma bateria adicional Acer de 6 células de Li-Ion com 5.200 mAH (oferecendo cerca de 5.5 horas de duração da bateria, segundo informações do fabricante) está disponível por cerca de 70 Euros, se a duração da bateria não for suficiente para as suas necessidades.

Warning: No power consumption data found
Tempo de Execução da Bateria
Ocioso (sem WLAN, min brilho)
3h 37min
Navegar com WLAN
1h 57min
Carga (máximo brilho)
1h 49min

Veredito

Acer Aspire One A110
Acer Aspire One A110

O Acer Aspire A110 (disponível em branco e azul na Europa) parece bastante agradável, mas não é totalmentente. No geral não existem falhas no que se refere a estabilidade ou resistência a torções da carcaça.

A performance deste netbook está totalmente ajustada ao seu propósito: aplicações para internet e de escritório para uso móvel. Se você tiver paciência para, algumas vezes, longos períodos de espera quando iniciar as aplicações, o netbook (que possui uma CPU Intel Atom N270 e um chip gráfico integrado Intel GMA 950) é, na verdade, equipado de maneira adequada. O armazenamento de massa, um Disco de Estado Sólido com 8 GB, é realmente pequeno, mas silencioso e robusto (sem partes mecânicas dentro). Apenas a baixa capacidade da RAM de somente 512 MB é um gargalho real.

Sem dúvidas uma tela que fosse totalmente adequada para uso externo seria desejável para um netbook compacto e móvel. Infelizmente, a relativamente brilhante tela de 8.9" WSVGA AcerBrightView (iluminada por LED) não é recomendada para uso externo devido a sua superfície reflexiva.

A duração da bateria da bateria de 3 células padrão é algo baixa para um netbook ultra-móvel. A bateria de 6 células pode ser um alívio.

Em conclusão pode ser dito que o Acer Aspire A110 é adequado para todos aqueles que querem se destacar com um netbook de ótimo design, mas não fazem demandas muito altas em termos de performance e mobilidade. Devido a tela reflexiva, o trabalho de campo rapidamente se torna uma provação. - O proprietário pode apenas resistir  meia hora e ficou surpreso com o fato que poderia trabalhar com muito mais conforto com o notebook que estava sendo testado na mesma hora - um Lenovo T400 com tela fosca...

 

Muito obrigado a Astrid Osztovits, que gentilmente colocou o aparelho testado a nossa disposição.

Acer Aspire A110
Analisado: Acer Aspire A110

Especificações do portátil

Acer Aspire One AOA110-Aw (Aspire One Serie)
Processador
Intel Atom N270 1.6 GHz
Placa gráfica
Memória
512 MB 
Pantalha
8.9 polegadas 16:9, 1024x600 pixel
placa mãe
Intel i945 GME
Placa de Som
Realtek ALC268 HD Audio
Conexões
3 USB 2.0, 1 VGA, 1 Kensington Lock, Conexões Audio: Microfone, fones de ouvido, Card Reader: Um leitor de cartões 5 em 1 SD para expansão de armazenamento de massa
Funcionamento em rede
Realtek RTL8102E Family PCI-E Fast Ethernet (10/100MBit), Atheros AR5007EG (b/g)
Tamanho
altura x largura x profundidade (em mm): 32 x 244 x 166
Bateria
22 Wh Lítio-Ion
Sistema Operativo
Microsoft Windows XP Home 32 Bit
Características adicionais
Case de transporte para o Portátil, 12 Meses Garantia, Enviado originalmente com o Linpus Linux Lite. Drivers e utilitários para o XP disponíveis na homepage da Acer.
peso
995 g, Suprimento de energia: 150 g
Preço
250 Euro

 

O modelo testado era branco ...
O modelo testado era branco ...
O alto falante interno não soa muito bem.
O alto falante interno não soa muito bem.
Fazer o upgrade de RAM não é fácil, uma vez que a tampa debaixo não proporciona um fácil acesso a nenhum dos componentes do sistema - ela não proporciona acesso fácil a nada.
Fazer o upgrade de RAM não é fácil, uma vez que a tampa debaixo não proporciona um fácil acesso a nenhum dos componentes do sistema - ela não proporciona acesso fácil a nada.
A baixa capacidade da RAM diminui mais a performance, um chip de RAM de 512 MB DDR2 é onboard, e um slot pode suportar um pente de 512 MB ou um de 1024 MB. Dessa forma a capacidade máxima é limitada a 1.5 GB de RAM.
A baixa capacidade da RAM diminui mais a performance, um chip de RAM de 512 MB DDR2 é onboard, e um slot pode suportar um pente de 512 MB ou um de 1024 MB. Dessa forma a capacidade máxima é limitada a 1.5 GB de RAM.
No que diz respeito a performance, apenas pode ser dito que o equipamento (CPU Intel Atom N270  e chip adaptador gráfico Intel GMA950) são suficientes para aplicações comuns de internet ou escritório.
No que diz respeito a performance, apenas pode ser dito que o equipamento (CPU Intel Atom N270 e chip adaptador gráfico Intel GMA950) são suficientes para aplicações comuns de internet ou escritório.
A duração de uso pode ser aumentada para até 5.5 horas com uma bateria de 6 células opcional (disponível por cerca de 89 Euros).
A duração de uso pode ser aumentada para até 5.5 horas com uma bateria de 6 células opcional (disponível por cerca de 89 Euros).
A duração bastante curta da bateria de  3 células padrão diminui a mobilidade.
A duração bastante curta da bateria de 3 células padrão diminui a mobilidade.
Apesar do fato de que o brilho é suficiente, o A110 não é realmente adequando para o uso externo devido a sua tela brilhosa.
Apesar do fato de que o brilho é suficiente, o A110 não é realmente adequando para o uso externo devido a sua tela brilhosa.
O teclado também é branco, algumas teclas são bem pequenas, mas o layout é padrão.
O teclado também é branco, algumas teclas são bem pequenas, mas o layout é padrão.
A superfície do touchpad também tem um acabamento de alto brilho e não passa uma sensação agradável.
A superfície do touchpad também tem um acabamento de alto brilho e não passa uma sensação agradável.
... mas apenas a moldura preta em volta da tela é sensível a poeira e digitais.
... mas apenas a moldura preta em volta da tela é sensível a poeira e digitais.
Superfícies de alto brilho por toda parte ...
Superfícies de alto brilho por toda parte ...
... mas o ângulo máximo de abertura é limitado a 155 graus.
... mas o ângulo máximo de abertura é limitado a 155 graus.
O case do A110 vem com uma boa estabilidade e resistência a torções ...
O case do A110 vem com uma boa estabilidade e resistência a torções ...
... apenas a versão azul também está disponível na Europa.
... apenas a versão azul também está disponível na Europa.
A temperatura emitida não é muito alta e é limitada, principalmente, a área esquerda em volta da ventoinha (que funciona permanentemente).
A temperatura emitida não é muito alta e é limitada, principalmente, a área esquerda em volta da ventoinha (que funciona permanentemente).

Notebooks Similares

Portáteis com o mesmo GPU

Análise do Netbook Asus Eee PC 1005HA-M (Win7)
Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Atom N270, 10.1", 1.28 kg
Análise do Netbook Dell Latitude 2100
Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Atom N270, 10.1", 1.58 kg
Análise do Netbook Asus Eee PC 1008HA
Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Atom N280, 10.1", 1.05 kg
Análise do Netbook HP Mini 5101
Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Atom N280, 10.1", 1.2 kg
Hands-On: Netbook Sony Vaio-W11 Netbook em Análise
Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Atom N280, 10.1", 1.2 kg
Análise do Netbook Asus Eee PC 1005HA-M
Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Atom N270, 10.1", 1.28 kg
Análise do Notebook Samsung N120 Branco
Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Atom N270, 10.1", 1.3 kg

Links

Comparativo de Preços

Pricerunner.de

Pro

+Pequeno e compacto
+Design atraente
+3 entradas USB
+Webcam
 

Contra

-Tela reflexiva
-Superfície do touchpad e seus botões
-Disco rígido pequeno
-Sem reserva de energia
-Sem UMTS (3G) opcional disponível

Resumo

O que nós gostamos

O design cool.

O que sentimos falta

Todas aquelas coisas que iriam ajudar o netbook a ter mais mobilidade: principalmente uma tela fosca adequada ao uso externo, mas também uma duração maior da bateria e um módulo interno UMTS (3G).

O que nos surpreendeu

Como netbooks que não preenchem totalmente pontos chave para seu propósito podem ser, de qualquer forma, tão bem sucedidos.

Os competidores

... são numeroso. Alguns netbooks com tela de 8.9": Fujitsu-Siemens Amilo Mini Ui3520, Asus Eee PC 901, Dell Inspiron Mini 9, ....

Avaliação

Acer Aspire One AOA110-Aw - 04/11/2009
Martina Osztovits

Acabamento
88%
Teclado
85%
Mouse
76%
Conectividade
80%
Peso
100%
Bateria
75%
Pantalha
82%
Desempenho do jogos
42%
Desempenho da aplicação
65%
Temperatura
82%
Ruído
82%
Impressão
78%
Médio
78%
84%
Netbook - Médio equilibrado
> Português - Home > Análises > Análises > Arquivo de análises próprios > Análise Curta do Netbook Acer Aspire One AOA110-Aw / A110L
Martina Osztovits, 2009-05-16 (Update: 2009-09- 6)