Notebookcheck

Análise do Netbook Asus Eee PC 1005HA-M

Pequeno Gigante Nômade?

 A Asus tem um novo portátil de 10.1 polegadas no seu portfólio, que deve agradar especialmente com a sua bateria de longa duração que dura até 8.5 horas - O Eee PC 1005HA-M. Nós tivemos um contato próximo com o mito e esclarecemos a questão: O quê o 1005HA-M tem para oferecer além da mobilidade?

Asus Eee PC 1005HA-M
Asus Eee PC 1005HA-M

Enquanto a Asus tem uma vasta oferta de netbooks com sua linha Eee PC 1000. Os modelos são muito parecidos em muitos apspectos: o Windows XP é usado como o sistema operacional, o uso de um GByte DDR2 de RAM e de um disco rígido de 160 GBytes, são itens sempre empregados. Mas temos diferenças em relação a CPU e particularmente em relação a duração da bateria. Os modelos são então equipados ou com um Intel Atom N270 (1.6 GHz) e o mais recente N280 (1.66 GHz), ou com um Intel Atom Z520 (1.33 GHz).  As durações que eles apresentam variam desde 5-6 horas (1000H, 1002HA, 1008HA), a até mais de 8.5 horas (1005HA-M) e 9.5 horas (1000HE, 1101HA), chegando até 10.5 horas (105HA-H).

Case

O Eee PC1005HA-M está disponível em quatro cores diferentes: nas cores um pouco mais raras de azul e rosa e também em preto e em branco, que foi o modelo em que demos uma olhada mais próxima, que se segue. Os cases acertam em cheio com um design sofisticado e atemporal. Eles tambem tem uma aparência, a primeira vista, de muita qualidade. A Asus usou muito plástico na sua construção, mas isso não dá uma aparencia ruim, mesmo quando se olha de perto. Nós gostamos particularmente do modelo branco, no qual você pouco vê digitais e marcas, ao contrário do modelo preto.

A estabilidade é surpreendetemente boa para um aparelho tão pequeno. Tanto a parte de baixo como a de cima pouco podem ser torcidas ou afundadas; apenas a parte do descanso de pulso cede com muita pressão. Contudo a fina tampa da tela tem estabilidade apenas moderada. Os disturbios na qualidade da imagem rapidamente viram "ondas" na tela quando esta é tocada.

As dobradiças fazem o seu trabalho de uma maneira confiável, mesmo que elas sejam um pouco soltas. Um suspeita desconfortável surge rapidamente quando as dobradiças são empurradas até o seu limite, que elas possam possivelmente quebrar se submetidas a muita pressão. Devido a baixo peso de apenas 1280 gramas a carcaça se levanta quando se abre a tampa e o netbook perde totalmente o contato com a superfície. Com isso deve ser ter cuidado, no uso móvel do aparelho, para que ele não caia para trás no momento da abertura.

Conectividade

A Asus se limitou as conexões mais necessária nos que diz respeito as interfaces do apaelho.

Não existem conexões na frente ou na traseira do aparelho, de qualquer forma não seria possível tê-las na traseira, já que a bateria ocupa todo o espaço. A entrada de energia, a saída VGA, uma porta USB 2.0 e a trava Kensington se localizam no lado esquerdo. Um leitor de cartões 2 em 1 (MMC/SD), duas conexões de áudio (saída de fone de ouvidos, entrada de microfone), duas portas USB 2.0 e uma conexão RJ45 (Fast Ethernet LAN) se encontram na direita. Fora isso o 1005HA-M também tem uma WLAN (b/g/n) e uma webcam de 0.3 megapixel, que se posional de maneira central acima da tela.

Basicamente a distribuição das conexões foi bem executada pela Asus. Contudo teria sido bem vindo um pouco mais de opções de conexões. Por exemplo, teríamos aprecidado um leitor de cartões mais eficiente, que permitisse a leitura de mais formatos. Além disso uma conexão HDMI poderia ser bem útil, uma vez que o 1005HA-M apresenta uma qualidade de imagem bem sem pretenções em monitores externos. o tempo de garantia se extende até o habitual de 24 meses.

A Asus inclui uma ferramenta interessante que se chama "Eee Docking" no seu conjunto de softwares que me lembra de outras ferramentas gratuitas como o Object Dock. Essa barra é adicionada a beirada do desktop e permite a ativação de várias aplicações. O "Eee tools" está entre essas, com o qual a posição e transparência dessa barra pode ser alterada e o tamanho da fonte dos botões e janelas pode ser trocados. Vários modos como o "Teatro" ou "Vívido" podem ser selecionados via "Eee Xperience", que afeta a respectiva apresentação da imagem. O "Eee Sharing" permite ao usuário que sincronize e troque informações e dados com outro usuário (registrado) sem internet. E por último o "Eee Vibe" que abre uma conexão com o portal de downloads da Asus.

Frente: Sem conexões
Frente: Sem conexões
Lado esquerdo: Energia, VGA, USB 2.0, trava Kensington
Lado esquerdo: Energia, VGA, USB 2.0, trava Kensington
Traseira: Sem conexões
Traseira: Sem conexões
Lado direito: Leitor de cartões 2 em 1 (MMC, SD), saída de fones de ouvido, entrada de microfones, 2x USB 2.0, RJ45 Fast Ethernet LAN
Lado direito: Leitor de cartões 2 em 1 (MMC, SD), saída de fones de ouvido, entrada de microfones, 2x USB 2.0, RJ45 Fast Ethernet LAN

Dispositivos de Entrada

Em geral o teclado deixa uma boa impressão. As teclas podem ser um pouco instáveis mas tem um surpreendentemente bom e distinto ponto de pressão. Soma-se a isso o fato que o teclado cede um pouco, contudo isso não nos atrapalhou no teste. De maneira a prefinir que o teclado acumule muita poeira a Asus optou pelas teclas clássicas anguladas. Dessa forma as partículas de pó tem mais dificuldade de entrar entre as teclas, mas a sensação de digitar sofre um pouco com as beiradas duras.

A Asus fez o teclado de forma exemplar com o layout padrão. Um bloco numérico real foi omitido devido as limitações de espaço. Contudo a Asus implementou um bloco numérico dentro o teclado "normal", que pode ser acessado com a combinação de teclas Fn. De qualquer forma é melhor que nada. A tecla Fn é encontrada no lado direito da tecla de CRTL esquerda. Muitas combinações de teclas podem ser executadas com seu emprego, como as ações comuns de se ajustar o volume ou o brilho e ações convenientes como o ativar/desativar da tela, touchpad ou WLAN. Mas também se pode ter acesso a funções incomuns como abrir o gerenciador de tarefas ou alterar a resolução da tela.

O touchpad é quase invisível a olho nu já que ele é da cor da carcaça e integrado ao descanso de pulso sem qualquer borda. Com uma olhada mais de perto percebemos pequenos rebites que prendem o touchpad. O seu uso se torna rapidamente desagradável, já que os rebites são levemente abrasivos e com beiradas. Também é difícil encontrar o ponto do rolamento horizontal e vertical devido a falta de uma moldura limitando o touchpad. Dessa forma, como podemos perceber, temos um caso infeliz de beleza do design se sobrepujando a funcionalidade. O botões do touchpad ficam abaixo dele, como uma barra prata sólida e apresentam bom curso de ação.

Teclado do Asus Eee PC 1005HA-M
Teclado
Touchpad do Asus Eee PC 1005HA-M
Touchpad

Tela

A tela de 10.1 polegadas é, felizmente, fosca e com iluminação por LED. A resolução nativa é 1024x600 pixels, mas a tela também pode oferecer uma resolução interpolada de 1024x768. Essa pode ser obtida tanto se mantendo a proporção original da imagem (onde uma parte da tela fica escondida), ou com ela sendo esticada verticalmente. Essa última não fica com um visual bom e ainda a performance é afetada de maneira desproporcional. Em contraste, quando o 1005HA-M é conectado a um monitor externo por meia da saída VGA a performance não cai tanto, mesmo com uma resolução maior. Com excessão da moldura brilhante que envolve a tela fosca, esta quase não apresenta reflexos em ambientes externos. Contudo pouco ou nada pode ser visto em uso sob a luz solar, mesmo na sombra, devido ao baixo brilho da tela em sua configuração de fábrica.

Asus Eee PC 1005HA-M em uso externo
Em uso externo com o brilho padrão

A tela causou, no geral, uma boa impressão. Uma iluminação boa de 87.4%, um excelente valor de preto de 0.15 cd/m2 e um excepcional nível de contraste de 967:1, que é também perceptível de maneira subjetiva, estão no lado dos prós. no lado dos contras nós temos um brilho moderado com uma média de 134.9 cd/m2, onde este varia de um mínimo de 126.8 cd/m2 (na parte baixa do centro) até um máximo de 145.1 cd/m2 (no centro, á direita). Isso resulta em uma imagem que é subjetivamente levemente pálida.

130.9
cd/m²
136.2
cd/m²
134.8
cd/m²
136.4
cd/m²
144
cd/m²
145.1
cd/m²
128
cd/m²
126.8
cd/m²
131.8
cd/m²
Distribuição do brilho
Máximo: 145.1 cd/m² Médio: 134.9 cd/m²
iluminação: 87 %
Contraste: 960:1 (Preto: 0.15 cd/m²)

Com a ajuda da ferramenta eeectl, o 1005HA-M revela os potenciais escondidos do seu brilho de tela. O brilho máximo possível pode ser aumentado de uma maneira muito grande através do "Ultra Bright Mod". O brilho médio de 134.9 subiu para bons 253 cd/m2 (mínimo de 237 cd/m2, máximo de 270 cd/m2). Com o "Ultra Bright Mod", a tela finalmente nos agradou completamente no quesito qualidade de imagem. Contudo deve-se destacar que os valores de preto sobem de 0.15 cd/m2 para 0.29 cd/m2 devido a maior iluminação, e a duração da bateria também é afetada. Então cada um terá de decidir por si o que é mais importante, uma maior mobilidade ou uma tela com imagem melhor. Some-se a isso o fato que fica uma ambiguidade no que diz respeito a garantia, já que aumenta a carga da controladora do vídeo a constante utilização de um brilho máximo de tela.

Finalizando, a estabilidade do ângulo de visão é boa na horizontal e na vertical pode ser considerada bem mediana.

Ângulos de visão do Asus Eee PC 1005HA-M
Ângulos de visão do Asus Eee PC 1005HA-M

Performance

Um Intel Atom N270 com 1.6 GHz, 512 KByte L2 cache e 533 MHz FSB faz o seu trabalho como a CPU. Isso é suportado por meros 1 GByte DDR2 de RAM, que é completamente suficiente devido ao pouco exigente de recursos Windows XP Home Edition. Apesar de seus componentes fracos o 1005HA-M pode impressionar na rotina diaria devido a uma surpreendentemente rápida velocidade de processamento. A inicialização do sistema é rápida e a resposta no uso do Windows é muito boa, as janelas e aplicações abrem rapidamente. Muitos portáteis caros para jogos não tem respostas tão boas quando comparados. Uma razão para isso é que a Asus, ou contrário de muitas outra empresas, evitado de encher o sistema um dúzias de programas pré-instalados e ferramentas vindas de fábrica. Mesmo vídeos em HD são exibidos videos sem travarem a maior parte do tempo. Mas já quando o 1005HA-M é exigido para multi-tarefa, com o uso simultâneo de diversos programas, tudo fica bem diferente. Os tempos de leitura são maiores, filmes e a sua respectiva trilha começam a picotar; e obviamente o Windows passa a responder mais devagar. Contudo a performance é completamente suficiente para o uso normal do dia a dia.

De maneira a dar uma incrementada no processador o 1005HA-M tem uma ferramenta que permite ao usuário controlar a velocidade do clock da CPU de vários modos - o "Eee Super Hybrid Engine". Enquanto o "Power Saving Mode" diminui s velocidade da CPU para 1280 MHz visando uma maior duração da bateria, o "Super Performance Mode" aumenta a velocidade da CPU para 1680 MHz. Dessa forma o Intel Atom N270 se transforma no mais caro N280, pelo menos no que diz respeito a velocidade do clock. No fim das contas a CPU usa a velocidade padrão de clock de 1600 MHz via "High Performance Mode".

De maneira a julgar e comparar a performance dos netbooks de maneira mais precisa, nós passamos o 1005HA-M pelos nossos testes de benchmark. A CPU foi sempre utilizada em overclock através do "Super Performance Mode".

O Eee PC alcançou medíocres 2985 pontos na versão de 2001 do teste intensivo de gráficos 3DMark. Foram apenas magros 774 pontos no 3DMark03. E finalmente o 1005HA-M alcançou apenas 263 pontos no 3DMark05, onde a CPU ainda conseguiu receber 1711 pontos. Nós nem usamos a versão de 2006 do 3DMark devido a fraca performance. O 1005HA-M fez 1617 pontos no PCMark05. Foram então 523 pontos na renderização de núcleo único, 876 ponts na renderização de núcleos múltiplos com o Cinebench R10,  que faz uso intenso da CPU e finalmente 288 pontos no benchmark OpenGL.

Um modelo global de 160 GByte da LG-Hitachi com 5400 rpm é empregado como disco rígido. Os resultados foram estabelecidos com o HDTune. A taxa mínima de transferência de dados foi de 27.0 MB/s, a média foi de 44.4 MB/s e o máximo foi de 59.4 MB/s. O tempo de acesso foi de 19.0 ms e aand the taxa de transferência de 69.3 MB/s. A performance do disco rígido é, em geral, abaixo da média, mas completamente suficiente.

Que o 1005HA-M não é adequado para jogos não deve ser surpresa, devido aos componentes usado. Para aqueles que não querem acreditar nisso nós arriscamos uma tentativa. O benchmark integrado do Half Life 2 Lost Cost na resolução de  1024x768 em detalhes máximos e mínimos travou em ambos os casos com uma mensagem de erro. Para o Left 4 Dead nós usamos apenas a resolução de meros 640x480 pixels. Left 4 Dead travou mesmo com detalhes mínimos e injogáveis fps (mínimo de 0 fps, máximo de 4 fps). Dessa forma você não deve nem sonhar, o 1005HA-M é um tipo netbook e não é de forma alguam adequado para os jogos atuais. Mais informações a esse respeito podem ser encontradas no nosso editorial "Netbooks for Gamers".

Informações do Sistema CPU: Desenvolvimento do Aquecimento
Informações do Sistema HDD
Informações do Sistema GPU
Informações do Sistema Gráficos
Informações do Sistema SPD
Informações do Sistema Memória
Informações do Sistema Placa-Mãe
Informações do Sistema Cache
Informações do Sistema CPU: Modo de Super Performance (clock máximo)
Informações do Sistema CPU: Modo de Alta Performance (clock padrão)
Informações do Sistema CPU: Modo de Economia de Energia
Informações do Sistema HDD
Informações do Sistema Asus Eee PC 1005HA-M
PCMark 05 Standard
1617 pontos
Ajuda
3DMark 2001SE Standard
2985 pontos
3DMark 03 Standard
774 pontos
3DMark 05 Standard
263 pontos
Ajuda
Cinebench R10 Rendering Single 32Bit
573
Cinebench R10 Rendering Multiple CPUs 32Bit
876
Cinebench R10 Shading 32Bit
288
Ajuda
Hitachi Travelstar 5K320 HTS543216L9SA00
Velocidade de Transferência Mínima: 27 MB/s
Velocidade de Transferência Máxima: 59 MB/s
Velocidade de Transferência Média: 44 MB/s
Tempo de Acesso: 19 ms
Índice de Explosão: 69 MB/s
Uso da CPU: 3 %

Emissões

Ruídos do Sistema

Os ruídos do sistema do 1005HA-M agradam completamente com o uso de bateria. O netbook é quase silencioso em modo 2D; em modo 3D, sobre carga, ele é no máximo apenas audível.

Quando ligado na tomada isso fica bem diferente. O netbook ainda é bastante quieto em modo ocioso com 30.4 dB(A), mas audível de toda maneira. A ventoinha obteve entre 32.7 e 41.3 dB(A) sobre carga sendo dessa forma bem audível em parte. Isso, contudo, não deve ser incômodo para a maioria dos usuários, já que o aparelho deve ooperar apenas com uso pouco intenso. O acesso ao disco rígido apresenta um nível de ruído de quietos 30.9 dB(A) no máximo.

Nós devemos destacar algo mais aqui: a ventoinha de nosso aparelho testado começou a ranger de forma agonizante após 30 horas de uso. Após algumas outras horas de uso o problema sumiu tão de repente quanto surgiu.

Barulho

Ocioso
30.4 / 30.4 / 30.4 dB
HDD
30.9 dB
Carga
32.7 / 41.3 dB
 
 
 
30 dB
silencioso
40 dB(A)
audível
50 dB(A)
ruidosamente alto
 
min: dark, med: mid, max: light    (15 cm de distância)

Temperatura

O desenvolvimento da temperatura causou uma impressão bastante ambivalente. Nossas medições se basearam em uma temperatura ambiente de 23.0 graus Celsius. A temperatura da superfície se manteve bem estável e "apenas" subiu para até 33.1 graus Celsius. Infelizmente a temperatura máxima foi aferida na parte inferior esquerda, extamente na parte do descanso de pulso. Desde que você não fique em frente ao 1005HA-M por horas, essa temperatura não é desagradável. A parte inferior também se manteve bem com um máximo de 37.8 graus Celsius. Contudo se o 1005HA-M for usado sobre as coxas, estas e o aparelho devem esquentar após algum tempo.

A temperatura da CPU é tudo menos tranquila, já que ela chega bem próximo do crítico com um máximo de 82 graus Celsius, quando em uso intenso. Infelizmente a temperatura da GPU não pode ser medida; já o disco rígido apresentou uma temperatura constante de cerca de 40 graus Celsius.

Carga Máxima
 31.8 °C31.6 °C28.6 °C 
 31.5 °C31.3 °C28.8 °C 
 33.1 °C30.6 °C27.3 °C 
Máximo: 33.1 °C
Médio: 30.5 °C
29.7 °C30.7 °C32.7 °C
29.5 °C31.7 °C33.7 °C
28.1 °C30.3 °C37.8 °C
Máximo: 37.8 °C
Médio: 31.6 °C
Temperatura do quarto 23 °C

Alto Falantes

Ambos os falantes são quase invisíveis, escondidos na base da carcaça, e são horríveis especialmente em volumes mais elevados, com seu som subterrâneo, que chegam muito perto dos limites da dor rapidamente. Como os falantes não podem ser usados por muito tempo em um volume mais elevado, o volume máximo possível de se atingir não é importante. As frequencias baixas e os graves são quase inexistentes. Em contraste a faixa de alta frequencia está presente demais e torna o som pequeno e artificial. O som é bem melhor quando o 1005HA-M é conectado a alto falantes externos, mas mesmo assim ele não pode ser comparado a um system estéreo real.

Duração da Bateria

Duração Máxima da Bateria (Teste BatteryEater Readers)
Teste Readers
Duração Mínima da Bateria (Teste BatteryEater Classic)
Teste Classic

Finalmente nós chegamos ao verdadeiro ponto forte do Eee PC 1005HA-M, e este é a sua longa duração de bateria. De acordo com nossas aferições, esta é ainda um pouco maior que o marketing da Asus promete, uma vez que o netbook ficou sem carga pela primeira vez após 8 horas e 45 minutos (teste Reader's do Battery Eater) em mecanismos máximos de economia de energia e brilho mínimo. Em máximo brilho, configurações de energia médias e surfando na internet via WLAN, o 1005HA-M ainda alcançou boas 7 horas e 30 minutos. Como o netbook não tem um drive ótico, nós usamos um arquivo de filme avi em uma resolução de 640x300 pixels para o teste de filme. A resistência ainda foi boa, chegando a 4 horas e 55 minutos exibindo o filme. Concluíndo, em uso máximo e com brilho máximo ela terminou após 4 horas e 5 minutos (Teste Battery Eater's Classic).

Dessa forma a média da duração da bateria é bem impressionante. Para aqueles que quiserem ainda mais deve ir atrás do modelo 1005HA-H que não apenas tem uma CPU mais forte como deve durar, usando baterias, até 10.5 horas.

Um modelo de Lítio-Ion e seis células com 10.95 Volts, 48 Wh e a etiqueta AL32-1005 foi usado como a bateria. Uma coisa legal: o adaptador fornecido era bem atraente, na mesma cor da carcaça, e ainda era bem pequeno e dessa forma bastante portátil. Infelizmente um dos adaptadores dos nossos dois modelos testados não funcionou.

O consumo de energia se mostrou agradavelmente modesto, entre 6.1 e 8.3 Watts em modo ocioso e entre 13.0 e 14.1 Watts em uso total. E são apenas 0.3 Watt em modo stand-by e, merecendo uma saudação, 0.0 Watt quando desativado.

Consumo de energia
desligadodarklight 0 / 0.3 Watt
Ociosodarkmidlight 6.1 / 7.2 / 8.3 Watt
Carga midlight 13 / 14.1 Watt
 color bar
Key: min: dark, med: mid, max: light        
Tempo de Execução da Bateria
Ocioso (sem WLAN, min brilho)
8h 45min
Navegar com WLAN
7h 30min
DVD
4h 55min
Carga (máximo brilho)
4h 05min

Veredito

O Asus Eee PC 1005HA-M apresentou basicamente uma performance bem convincente. A duração da bateria é agradavelmente longa devido ao seu baixo consumo e se mostrou ser um pouco maior que as 8.5 horas especificadas pelo fabricante com um máximo de 8 horas e 45 minutos. Mesmo com alguns componentes algo ineficientes como o Intel's Atom N270 e 1 GByte RAM, a velocidade do processamento é surpreendentemente boa. A velocidade só cai com uso da multitarefa.

A tela fosca trás boas recordações, apesar dos ângulos de visão moderados e do brilho algo baixo, já o alto valor de negro de 0.15 e o alto contraste de 967:1 foram pontos altos. Além disso, fora por alguns detalhes pequenos como a omissão de uma saída HDMI, existe pouco espaço para críticas tendo em vista o acabamento limpo assim como as conexões. O teclado impressiona, apesar de ceder um pouco, com um bom ponto de pressão e um layout usável. O ruído do sistema, pelo menos em modo ocioso e com bateria, também se mostrou completamente ok, apesar da ventoinha ficar um pouco barulhenta com uso intenso.

O que nós não gostamos tanto foi o touchpad desagradável e pouco prático. O maior ponto de crítica foi o som pobre, que já é notavelmente perceptível mesmo em volume moderado. Em geral nós podemos recomendar o Eee PC 1005HA-M para todos aqueles que estiverem buscando por um acompanhante pequeno e elegante, e que também possa ficar sem uma tomada por um longo tempo.

Asus Eee PC 1005HA-M: A perfeita companhia para usuários móveis
Asus Eee PC 1005HA-M: A perfeita companhia para usuários móveis
Asus Eee PC 1005HA-M
Asus Eee PC 1005HA-M
Asus Eee PC 1005HA-M
Asus Eee PC 1005HA-M
Asus Eee PC 1005HA-M
Asus Eee PC 1005HA-M
Em Análise: Asus EeePC 1005HA-M

Especificações do portátil

Asus Eee PC 1005HA (Eee PC 1005 Serie)
Processador
Intel Atom N270 1.6 GHz
Placa gráfica
Intel Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Análises do: 400 MHz, DDR2, 6.14.10.4906
Memória
1024 MB 
, DDR2-533 4-4-4-12 máx. 2 GBytes
Pantalha
10.1 polegadas 10:6, 1024x600 pixel, Iluminação por LED, Brilhante: sim
placa mãe
Intel 945GSE
Disco rígido
Hitachi Travelstar 5K320 HTS543216L9SA00, 160 GB 
, 5400 rpm, 2 Partições com aproximadamente 74 GByte cada
Placa de Som
Realtek ALC269 @ Intel 82801GBM ICH7-M - High Definition Audio Controller
Conexões
3 USB 2.0, 1 VGA, 1 Kensington Lock, Conexões Audio: Kopfhörer-Ausgang Mikrofon-Eingang, Card Reader: MMCSD
Funcionamento em rede
Atheros AR8132 PCI-E Fast Ethernet Controller (10/100MBit), Atheros AR9285 802.11b/g WiFi Adapter (b/g)
Tamanho
altura x largura x profundidade (em mm): 36 x 262 x 178
Bateria
48 Wh Lítio-Ion, 10.95 Volts
Sistema Operativo
Microsoft Windows XP Home 32 Bit
Características adicionais
24 Meses Garantia
peso
1.28 kg, Suprimento de energia: 180 g
Preço
300 Euro

 

O Eee PC logo na beira da tela
O Eee PC logo na beira da tela
Especificações da bateria: 10-95 Volt e 48 Wh
Especificações da bateria: 10-95 Volt e 48 Wh
A bateria do 1005HA-M (abaixo) é quase tão grande como as de outros notebooks (MSI GX623, acima)
A bateria do 1005HA-M (abaixo) é quase tão grande como as de outros notebooks (MSI GX623, acima)
Lado de cima da bateria, as baterias são na mesma cor da carcaça
Lado de cima da bateria, as baterias são na mesma cor da carcaça
Os pequenos adaptadores de energia são da mesma cor do case
Os pequenos adaptadores de energia são da mesma cor do case
O adaptador do 1005HA-M (abaixo) é notavelmente menor que os de outros notebooks (MSI GX623, acima)
O adaptador do 1005HA-M (abaixo) é notavelmente menor que os de outros notebooks (MSI GX623, acima)
Entrada de energia e a VGA no lado esquerdo
Entrada de energia e a VGA no lado esquerdo
USB 2.0, trava Kensington e entrada de ar no lado esquerdo
USB 2.0, trava Kensington e entrada de ar no lado esquerdo
Leitor de cartões 2 em 1 (MMC, SD)
Leitor de cartões 2 em 1 (MMC, SD)
Saída de fone de ouvido, microfone e duas entradas USB 2.0 na direita
Saída de fone de ouvido, microfone e duas entradas USB 2.0 na direita
1 GB DDR2 de RAM vem de fábrica, e um máximo de 2 GB são possíveis
1 GB DDR2 de RAM vem de fábrica, e um máximo de 2 GB são possíveis
Base da carcaça aberta, apenas a RAM é acessível
Base da carcaça aberta, apenas a RAM é acessível
Base da carcaça
Base da carcaça
0.3 megapixel webcam
0.3 megapixel webcam
Botão para desativar o touchpad
Botão para desativar o touchpad
Botão de liga/desliga
Botão de liga/desliga
As teclas de seta do meio são bem pequenas
As teclas de seta do meio são bem pequenas
A tecla Fn é à direita da tecla CRTL esquerda
A tecla Fn é à direita da tecla CRTL esquerda
Especificações do Netbook: Intel Atom e Windows XP
Especificações do Netbook: Intel Atom e Windows XP
LEDs de status na beira da carcaça
LEDs de status na beira da carcaça
Especificações do Netbook: iluminação por LED, até 8.5 horas de bateria
Especificações do Netbook: iluminação por LED, até 8.5 horas de bateria
Tampa do Netbook com o Eee PC logo
Tampa do Netbook com o Eee PC logo
Duas USB 2.0 e o LAN RJ45 Fast Ethernet no lado direito
Duas USB 2.0 e o LAN RJ45 Fast Ethernet no lado direito

Notebooks Similares

Portáteis com o mesmo GPU e tamanho de tela

Análise do Netbook Asus Eee PC 1005HA-M (Win7)
Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Atom N270, 1.28 kg
Análise do Netbook Dell Latitude 2100
Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Atom N270, 1.58 kg
Análise do Netbook Asus Eee PC 1008HA
Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Atom N280, 1.05 kg
Análise do Netbook HP Mini 5101
Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Atom N280, 1.2 kg
Hands-On: Netbook Sony Vaio-W11 Netbook em Análise
Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Atom N280, 1.2 kg
Análise do Notebook Samsung N120 Branco
Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Atom N270, 1.3 kg
Análise do Netbook Toshiba NB 200-113
Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Atom N270, 1.18 kg

Links

Compare Preços

Asus Eee PC 1005HA on Ciao

Pro

+Boa performance de uso
+Design elegante
+Boa tela
+Temperaturas de superfície baixas
+Duração longa da bateria
+Baixos ruídos do sistema com uso da bateria
 

Contra

-... Sistema algo barulhento quando em uso pesado na tomada
-A CPU se aquece rapidamente
-Alto falantes ruins

Resumo

O que nós gostamos

A velocidade rápida do processamento, o design elegante, o acabamento perfeito e a boa tela.

O que sentimos falta

Um leitor de cartões que fosse capaz de ler alguns formatos a mais e uma conexão HDMI para uma melhor qualidade de imagem em monitores externos. Além de falantes melhores.

O que nos surpreendeu

A longa duração da bateria - não importando se surfando na net via WLAN ou assistindo um filme, o 1005HA-M dura um surpreendente longo tempo. Como o netbook é também muito leve, ele é um passo a frente como um quase ideal acompanhante portátil.

Os competidores

Outros netbooks com tela de 10 polegadas, com um Intel N270/280, 160 GBytes e 1 GByte de RAM, como o Ideapad S10/S12 da Lenovo ou o Aspire One D150/D250/531 da Acer.

Classificação

Asus Eee PC 1005HA - 12/05/2010 v2(old)
Florian Glaser

Acabamento
86%
Teclado
78%
Mouse
70%
Conectividade
54%
Peso
93%
Bateria
93%
Pantalha
75%
Desempenho do jogos
21%
Desempenho da aplicação
60%
Temperatura
88%
Ruído
88%
Impressão
82%
Médio
74%
82%
Netbook - Médio equilibrado
Please share our article, every link counts!
> Análises e revisões de portáteis e celulares > Análises > Análises > Arquivo de análises próprios > Análise do Netbook Asus Eee PC 1005HA-M
Florian Glaser, 2009-08-14 (Update: 2013-06- 6)