Notebookcheck

A Microsoft compara maçãs a laranjas em um novo anúncio colocando o Surface Pro 7 contra o iPad Pro 12,9

O Surface Pro 7 é "ainda a melhor escolha"? Depende. (Imagem via YouTube)
O Surface Pro 7 é "ainda a melhor escolha"? Depende. (Imagem via YouTube)
A Microsoft, em uma ofensiva total, lançou um novo comercial comparando o Surface Pro 7 com o iPad Pro. Embora o comercial apresente alguns pontos positivos, ele omite algumas comparações importantes para muitos consumidores e, em geral, ignora as diferenças categóricas entre os dois dispositivos
Sam Medley, 🇺🇸 🇫🇷 ...
, , , , , ,
pesquisar relação.
, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
 

A última campanha publicitária da Microsoft visa diretamente Apple, comparando os computadores do Cupertino Colossus contra o Surface Pro 7 2 em 1. O último anúncio, lançado hoje, joga o Surface Pro 7 (SP7) na arena com o mais novo iPad Pro para uma comparação frente a frente. Embora o anúncio levante alguns bons pontos, ele acaba perdendo a nuance na comparação de categorias de dispositivos.

O comercial de 30 segundos (incorporado abaixo) compara o Surface Pro 7 com o iPad Pro em quatro categorias: design, conectividade, potência e preço. Obviamente, a conclusão do anúncio é que a Superfície é um dispositivo melhor com uma etiqueta de preço mais baixo. Afinal, de acordo com o anúncio, o SP7 tem um suporte integrado, um teclado que se prende com um clique satisfatório (ao contrário do teclado "mais pesado" do iPad Pro), mais portas, e é um "computador completo e um tablet" O final do comercial aponta que o SP7 também é significativamente mais barato, chegando a US$880 contra o custo relativamente alto do iPad Pro, de US$1348.

Há alguns bons pontos levantados pelo anúncio. Para um deles, o SP7 é uma característica bem executada e benéfica. Além disso, o SP7 tem uma porta USB-C, assim como o iPad Pro, mas acrescenta uma porta USB-A, uma tomada para fone de ouvido de 3,5 mm e a porta proprietária Surface Connect. Finalmente, como um 2 em 1 rodando Windows 10, o SP7 tem um caso de uso mais amplo do que o iPad Pro, principalmente devido ao iPadOS comparativamente restritivo deste último.

No entanto, a Microsoft omite alguns pontos de comparação importantes, a saber, displays dos dispositivos, tempos de funcionamento da bateria, alto-falantes, saída de calor, e outros. O anúncio também não entra muito em detalhes sobre as diferenças nos teclados, mas é um comercial de 30 segundos, de modo que podemos dar-lhe o benefício da dúvida.

Mas, em última análise, o anúncio perde um ponto chave: estes são dois dispositivos muito diferentes. Ele está literalmente comparando Apple com laranjas.

O iPad Pro não tem o conjunto de software que o SP7 tem, mas não foi projetado para ser um dispositivo "tamanho único". Ao invés disso, ele é feito para ser um excelente tablet e para ser a opção mais poderosa em um nicho específico do mundo da computação. Ele faz isso muito bem.

O SP7 é, ao invés disso, um "jack-of-all-trades", tentando preencher a lacuna entre laptops e tablets. É discutível que o SP7 não se encaixa particularmente bem em nenhum desses segmentos de dispositivos, especialmente quando comparado a dispositivos com preços semelhantes em cada categoria.

Isso não quer dizer que o Surface Pro 7 seja um dispositivo ruim. Não é. Mas não é um tablet particularmente grande, que é uma descrição que define o iPad Pro. A comparação ignora as sutilezas presentes ao decidir qual dispositivo melhor atende às necessidades de um determinado consumidor. Cada um é um grande dispositivo em sua própria consideração, mas seus mercados pretendidos podem ser muito diferentes.

Por último, deve ser assinalado que a comparação de preços no final do comercial não é particularmente convincente para os consumidores de olhos atentos. A etiqueta de preço de US$880 colada no SP7 é o custo do modelo base (US$750) e uma cobertura do tipo (US$130). Isso significa que o SP7 usado nesta comparação tem um Intel Core i3-1005G1 (2C/4T, 1.2-3.4 GHz), 4 GB de RAM, e um SSD de 128 GB (20 GB do qual é tomado pelo Windows 10). O iPad Pro usado no anúncio é o modelo básico de 12,9 polegadas ($999) com Apple's Magic Keyboard for iPad Pro ($349). Este iPad Pro tem um SoC biônicoApple A12Z (8C/8T, GHz), 6 GB de RAM, e 128 GB de armazenamento (2-2,5 GB do qual é absorvido pelo iPadOS 14).

Qual dispositivo você acha que é a melhor opção? Informe-nos nos comentários abaixo.

Compre o Surface Pro 7 (Core i5, 8 GB de RAM, 128 GB de SSD) na Amazon.

https://www.amazon.com/Apple

Sam Medley
Editor of the original article: Sam Medley - Senior Tech Writer - 1137 articles published on Notebookcheck since 2016
contact me via: @samuel_medley
Ninh Duy
Translator: Ninh Duy - Editorial Assistant - 207912 articles published on Notebookcheck since 2008
contact me via: Facebook
Please share our article, every link counts!
> Análises e revisões de portáteis e celulares > Arquivo de notícias 2021 04 > A Microsoft compara maçãs a laranjas em um novo anúncio colocando o Surface Pro 7 contra o iPad Pro 12,9
Sam Medley, 2021-04- 6 (Update: 2021-04- 6)