Notebookcheck

Análise do Netbook Acer Aspire One D150

A Nova Roupa do Imperador.

Apesar de o Asus Eee , provavelmente, ser o mais cotado entre os mini-notebooks, o título de mais vendido netbook vai para a Acer com o Aspire One A110. Com isso, entretanto, a expectativa para o modelo sucessor de 10 polegadas, o Aspire One D150, é especialmente alta. Particularmente por que os competidores possuem diversos modelos na categoria de 10 polegadas

Acer Aspire One D150
Acer Aspire One D150

Com o nome de "Aspire One A110L ", a Acer enviou um netbook para o mercado verão passado que ajudou o fabricante a uma imprevisível alta nas vendas. O  "L" no nome se refere ao Linux como o sistema operacional. Com o aumento das vendas do netbook o desejo por um sistema mais comum também cresceu, ao que a Acer respondeu com o A110X configurado com o Windows XP.

Além da algo renovada versão do netbook de 9 polegadas, na forma do modelo A150 (L or X), no qual um disco rígido um pouco maior e um módulo UMTS (3G) é encontrado como opcional, a Acer apresentou esse ano na Cebit em Hannover o Aspire One D150, um netbook mais avançado no formato 10 polegadas.
Dessa vez o Linux foi dispensado. Os netbooks avançaram muito da posição inicial de produto de nicho, na qual o usuário podia gostar da alternativa ao Windows. O que conta agora no mercado de netbooks é exclusivamente o grande público, e eles, obviamente, querem um display maior.

Case

A Acer decidiu dar ao mini-notebook um case novo com a troca para o formato de 10 polegadas. Apesar da base da unidade ser relativamente lisa, o Acer Aspire One D150 transmite uma impressão comparativamente grande. As razões para isso são uma imensamente protuberante bateria que sai do case e também o pezinho de borracha na área frontal, que eleva o Aspire One bem acima da sua base.

A Acer decidiu visualmente por um tipo de "design sanduíche", significando que quando fechado o netbook se apresenta completamente em branco, enquanto na parte interna, o teclado e a moldura da tela, são em preto. A cobertura da tela é  apresentada em uma superfície brilhante, a qual é surpreendentemente resistente a digitais e manchas. Isso é diferente na parte interna do notebook na moldura preta da tela. Cada mexida para ajustar o ângulo de visão deixa as suas marcas.

Felizmente o resto da superfície do case não tem esse acabamento muito brilhante. Na área de descanso do pulso eles tentaram imitar uma superfície de metal escovado através de uma estrutura de riscos finos. Isso funciona visualmente mas não se compara a componentes reais de metal, como eles são vistos na construção da edição atual do Eee PC (Eee 1002HA). O case inteiro passa uma sensação menos sofisticada de plástico.

Pelo menos no que diz respeito a estabilidade o chassis nao deixa nada a se desejar. A basa da unidade, como também a tela, mostram uma excelente resistência a torção e, além disso, são particularmente resistentes a impactos de pressão. O Aspire One D150 pode ser levado e carregado por todos os cantos sem se hesitar e sem mesmo se ouvir o menor rangido no case.

As dobradiças da tela também se portam de maneira exemplar. Elas não apenas aparentam resistência como elas também seguram a tela no lugar com uma boa firmeza e também permitem o reajuste do ângulo de abertura com apenas uma das mãos. Com relação ao ângulo de abertura: Este é restrito a aproximadamente 140° o que pode levar a restrições em seu uso.  A razão para essa restrição é a sua bateria protuberante na parte de traseira e na maneira como uma borda de borracha foi presa na beirada inferior da tela como forma de previnir estragos ao se abrir de maneira descuidada.

Conectividade

O Acer Aspire One D150 apresenta nada mais nada menos  do que a média dos netbooks atuais devem ter no que diz respeito a conectividade. Uma VGA-out para conexão de um monitor externo, uma conexão de rede, uma entrada de microfone e de fones de ouvido e um total de 3 entradas USB. Um leitor de cartões de memória multi-formato também é encontrado no D150.

A posição das conexões é bem disposta, considerando-se o pouco espaço disponível. Especialmente aquelas colocadas na parte superior das laterais, que costumam estar mais permanentemente ocupadas, como a entrada de energia, saída VGA e rede, estas devem ser mencionadas de forma positiva.

Parte da frente: Sem conexões
Parte da frente: Sem conexões
Lado esquerdo: VGA, LAN, USB, saídas de áudio, Leitor de cartões
Lado esquerdo: VGA, LAN, USB, saídas de áudio, Leitor de cartões
Traseira: Sem conexões
Traseira: Sem conexões
Lado direito: 2xUSB, entrada de energia, trava Kensington
Lado direito: 2xUSB, entrada de energia, trava Kensington

Um módulo da Atheros (AR8121/AR8113/AR8114 PCI-E Ethernet Controller) controla a of the conexão de rede via cabo. A unidade sem fio também vem da Atheros (Atheros AR5007EG Wireless Network Adapter) e apresenta suporte ao padrão 802.11b/g.
A existência de um módulo Bluetooth depende do modelo escolhido. Se for um modelo completo, a Acer usa um Bluetooth 2.0+EDR (Enhanced Data Rate).
De acordo com a Acer o D150 deve também ter disponível um módulo UMTS/HSDPA (3G) em alguns modelos. Até agora não temos esses modelos disponíveis.

A Acer se apresenta um pouco pão dura no que se refere a garantia básica. Ele sai de fábrica com apenas 12 meses, apesar de que uma proteção internacional é incluída. A garantia pode ser extendida a até três anos, contudo. A Acer Advantage extensão de garantia para 36 meses custa cerca de 40.00 Euros extra na Europa e pode ser considerada um bom negócio.

Dispositivos de Entrada

O teclado é mais generoso do que muitos equipamentos de 9 polegadas mas, em comparação com os mais conhecidos netbooks de 10 polegadas competidores, o Acer Aspire One tem as menores teclas. As teclas oferecidas se apresentam levemente menores que as do Asus Eee PC 1002HA (17x16mm) e ainda consideravelmente menores que aquelas no Samsung NC10 (17x17mm), medindo 16x15 millímetros.

No teste prático uma entrada de texto razoavelmente aceitável ainda é possível, mas demanda um certo tempo de acomodação para superar a inevitável taxa de erros iniciais.
A sensação ao digitar foi caracterizada por uma leve resistência a pressão pelas teclas e um palpável, quase abrupto e aparente curso de ação das teclas. Também foi óbvio que o teclado permite que ele seja empurrado em parte para dentro, o que não afeta negativamente o uso geral do notebook.

O touchpad oferecido pelo notebook não convenceu realmente. De um lado, a superfície do substituto do mouse móvel deveria ser um pouco mais deslizante e por outro seus botões em barra não oferecem nenhum tipo de conforto que seja – vetando completamente os ruídos de click ao se pressionar a tecla. O botão estreito é difícil de apertar e demanda uma muito forte pressão para responder. Existe também uma zona morta no meio do botão em barra. Usar o touchpad com apenas uma mão se mostrou difícil, senão impossível. De fato nós buscamos por um mouse externo muito rapidamente para efetuar os testes, como forma de evitar maiores incomodos.

Touchpad do Acer Aspire One D150
Touchpad
Teclado do Acer Aspire One D150
Teclado

Tela

O display de 10.1 polegadas WSVGA oferece, com a resolução de 1024x600 pixels, a típica tela de um netbook. Para aplicações simples de escritório e surfar na internet isso é suficiente, mas é necessário se acostumar em ter de rolar muito a tela, especialmente na área vertical. Enquanto isso, muitos websites e também aplicações são direcionadas para o formato comum de 1280x800 WXGA, tornando difícil para um netbook visualizar.

Surpreendentemente o Acer atingiu um máximo de 180-nit brilho de tela em nossos testes. Nossa amostragem teste do Aspire One deu um máximo de 239 cd/m2 no teste de brilho. Da mesma forma o netbook desempenhou de forma excelente em termos de illuminação: 90.8%.

227
cd/m²
225
cd/m²
225
cd/m²
226
cd/m²
226
cd/m²
217
cd/m²
239
cd/m²
229
cd/m²
223
cd/m²
Distribuição do brilho
Máximo: 239 cd/m² Médio: 226.3 cd/m²
iluminação: 91 %
Contraste: 150:1 (Preto: 1.51 cd/m²)

A tela mostrou, além desses excelentes resultados demonstrados, também alguns pontos fracos. Um deles é o apenas medíocre contraste da tela. Com um valor de preto de 1.51 cd/m2 a, de acordo com a Acer, tela de "alta resolução" atingiu um maximo contraste de 158:1.

O display reflexivo "Acer CrystalBrite" também não pode ser contado como um ponto forte. Em condições adversas de iluminação, como elas são especialmente inevitáveis no uso externo, superfícies brilhantes de display são a causa de fortes reflexões. Em particular para netbooks portáteis, os quais você gostaria de usar em trânsito no transporte público ou simplesmente querer surfar um pouco em um parque, isso é uma desvantagem significante em nossa opinião.

Em respeito a estabilidade do ângulo de visão, a WSVGA não se apresenta com muita generosidade particularmente no campo vertical. Distorções de imagens podem ser percebidas, mesmo com apenas um pequeno desvio do melhor ângulo de visão perpendicular. Você ainda vai ter de se debater com crescentes reflexões na área de visão horizontal.

Performance

A mais recente edição da CPU Intel Atom, que foi desenvolvida especialmente para netbooks, apareceu finalmente no Acer Aspire One D150. O chip Intel Atom N280 tem um Front Side Bus de 667 MHz (N270 – 553 MHz), 512 KB L2 cache e uma velocidade do clock de 1.66 GHz. Além disso é mais eficiente do que o chip antecessor, o N270.

O integrado chipset gráfico GMA 950, que também é usado em muitos dos netbooks dos competidores, é o responsável pelas necessidades gráficas. Uma vantagem dessa solução gráfica é principalmente o baixo consumo de energia, com um máximo de até 7 watts. A necessidade de resfriamento do chip se mostra igualmente baixa, o que é particularmente bom para netbooks compactos.

Uma vantagem mínima da CPU Intel Atom N280 em comparação com outros modelos com o CPU N270 e  gráficos GMA 950 se mostra no teste de benchmark 3D Mark 2001. O chip N280 pode perceber um aumento de cerca de 5% no CPU-Intenso 3D Mark 2001.

3D Mark 2001
3D Mark 2001

Também temos um perceptível e aceitável aumento de performance em comparação com o chip N270 no benchmark Cinebench R10. O novo chip Atom melhorou consideravelmente, particularmente no teste de  renderização Single-Core. Este apresentou um aumento, acredite ou não, de 100% com 567 pontos. Em contraste com o resultado no teste de sombramento OpenGL que ficou abaixo das expectativas.

Cinebench R10
Cinebench R10

O resultado no teste matemático de CPU SiSoft Sandra benchmark e a performance no teste SuperPi (calculo do Pi) confirmam o aumento de performance percebido. Leves aumentos nos resultados do Dhrystone and Whetstone são confrontados com uma considerável diminuição do tempo de computação no teste de benchmark SuperPi.  A competição vindoura com a Via, através da CPU Nano U2250, será acirrada, pois o mesmo se posiciona apenas levemente atrás da nova CPU Intel Atom em testes únicos.

Benchmark Dhrystone/Whetstone - SuperPi
Benchmark Dhrystone/Whetstone - SuperPi

Nós também testamos sua performance durante a exibição de um vídeo em HD. Uns triviais picotes de vez em quando foram percebidos quando executando o demo clip em alta resolução de "Coral Reef". O Acer One D150 se portou um pouco melhor quando comparado diretamente com a Nano CPU da Via (Samsung NC20).

Nosso aparelho de teste Acer Aspire One D150 era equipado com 1024 MB de RAM do tipo DDR2 PC5300. Acer declara que o máximo de capacidade de memória pode ser um total de 2 GB. Apenas existe um slot de memória para uma eventual expansão. Nesse caso o pente de 1 GB tem de ser completamente removido e substituido.

Um passar bem definitivo foi dado para o Mini-SSD como mídia de armazenamento de massa "de baixo custo". Atualmente, um HD de 160GB com formato de 2.5" é usado no One D150. O disco rígido é da Western Digital (WD1600BEVT) e funciona a uma velocidade de 5400 rpm e alcançou no teste HDTune benchmark boas taxas de transmissão constantes e com 17 milisegundos um igualmente adequado tempo de acesso.

System info CPU
System info CPU
System info Chipset
System info RAM
System info RAM
System info GPU
System info GPU
System info HDD
System information Acer Aspire One D150
3DMark 2001SE Standard
3197 pontos
3DMark 03 Standard
794 pontos
Ajuda
Cinebench R10
 ConfiguraçõesValor
 Rendering Single 32Bit567 Points
 Rendering Multiple CPUs 32Bit877 Points
 Shading 32Bit288 Points
WDC Scorpio Blue WD1600BEVT
Velocidade de Transferência Mínima: 32.9 MB/s
Velocidade de Transferência Máxima: 64.5 MB/s
Velocidade de Transferência Média: 52.7 MB/s
Tempo de Acesso: 17 ms
Índice de Explosão: 63.6 MB/s
Uso da CPU: 4 %

Emissões

Ruidos do Sistema

No decorrer de nossos testes, nós conseguimos observar uma desagradável característica do D150 no modo de escritório de baixa tensão (internet, entrada de texto). A ventoinha sempre se iniciava por um curto período regularmente, apenas para reduzir sua velocidade novamente em seguida. Normalmente o volume se mantinha sem problemas de uma forma silenciosa (33.4 dB(A)) mas um ruído de fundo perceptível era quase um pouco enervante, especialmente em ambientes particularmente silenciosos. Silêncio absoluto só pode ser observado por nós em um uso ocioso em modo de se poupar energia.

O nível de ruído se elevou a um máximo de 38.2 dB(A) em um uso contínuo, também um nível bem perceptível para um netbook. Você vai ter de se acostumar com um ruído de fundo no uso cotidiano.

Barulho

Ocioso
29.4 / 29.4 / 33.4 dB
HDD
30.5 dB
Carga
35.4 / 38.2 dB
  red to green bar
 
 
30 dB
silencioso
40 dB(A)
audível
50 dB(A)
ruidosamente alto
 
min: dark, med: mid, max: light    (15 cm de distância)

Temperatura

O desenvolvimento da temperatura máxima da superfície em carga se mostrou muito atipico para um netbook. Após muitas horas de constante uso da CPU e do chip gráfico nós podemos notar um moderado aquecimento na parte superior da base como também, em certas circunstâncias, um problemático aquecimento no lado inferior do aparelho.

Nós podemos medir um máximo de 52.1°C na área da ventoinha na parte inferior em uso pesado. Para alguns usos isso já é um pouco demais. O teclado se manteve com uma temperatura máxima de 39.8°C dentro de um nível aceitável.

Felizmente, as temperaturas observadas no modo prático WLAN, significando surfe na internet e escrita de textos, se mostrou bem menos dramático. O lado inferior esquentou até 41.7°C nesse modo.

Carga Máxima
 39.8 °C37.6 °C32.9 °C 
 38.7 °C36.7 °C33.3 °C 
 32.2 °C34.4 °C31.4 °C 
Máximo: 39.8 °C
Médio: 35.2 °C
40.1 °C42.3 °C49.3 °C
40.4 °C40.5 °C52.1 °C
32.3 °C32.4 °C33 °C
Máximo: 52.1 °C
Médio: 40.3 °C
Temperatura do quarto 21.5 °C
(±) The average temperature for the upper side under maximal load is 35.2 °C / 95 F, compared to the average of 29.8 °C / 86 F for the devices in the class Netbook.
(+) The maximum temperature on the upper side is 39.8 °C / 104 F, compared to the average of 33.1 °C / 92 F, ranging from 21.6 to 53.2 °C for the class Netbook.
(-) The bottom heats up to a maximum of 52.1 °C / 126 F, compared to the average of 36.6 °C / 98 F
(+) The palmrests and touchpad are reaching skin temperature as a maximum (34.4 °C / 93.9 F) and are therefore not hot.
(-) The average temperature of the palmrest area of similar devices was 29.3 °C / 84.7 F (-5.1 °C / -9.2 F).

Alto Falantes

Os alto falantes utilizados se mostraram valendo a pena ser ouvidos no uso do netbook. Eles se portaram em um bom nível com volume máximo mantendo um som claro. Apenas alguns menores problemas sonoros foram observados. Aqueles que gostam de um grave volumoso devem buscar usar fones de ouvido de alta qualidade ou usar o soquete de 3.5mm para passar o sinal de áudio para seu sistema hi-fi.

Duração da Bateria

Maximum battery runtime (BatteryEater Readers Test)
Teste Readers
Minimal runtime(BatteryEater Classic Test)
Teste Classic

A visualmente bem grande bateria de 6 células se direciona a uma eficiência atrativa no que também diz respeito as suas características técnicas. A fonte de energia móvel com uma capacidade de 59 Wh, que tem um consumo de energia aproximado  de meros 10 watts em modo ocioso, deixa a esperança para uma mobilidade generosa no Acer Aspire One D150.

O netbook alcançou um tempo de uso decente de 293 minutos mesmo em carga no teste BatteryEater Classic (max. brilho de tela, WLAN ligada, perfil de economia de energia). O tempo de duração máximo da bateria, determinado pelo teste BatteryEater Reader (min. brilho de  tela, WLAN desligada, perfil de economia de energia), se mostrou impressionante. O netbook alcançou 566 minutos o que equivale a aproximadamente nove horas e meia.

O fato deste valor nao poder ser alcançado em uso prático parece óbvio. Mas o  Aspire One pode convencer totalmente no uso prático de WLAN (surfing) com 425 minutos.
Cuidado deve ser aplicado com a configuração individual de bateria na compra. Além da mais eficiente versão de 59 Wh usada na nossa configuração de teste, também existe uma bateria de 6 células com a capacidade mais baixa (49 Wh) e uma bateria compacta de 3 células com baixa capacidade (24 Wh) para o Acer Aspire One D150.

Consumo de energia
desligadodarklight 0 / 0 Watt
Ociosodarkmidlight 7.6 / 10.1 / 11.2 Watt
Carga midlight 16.8 / 20.4 Watt
 color bar
Key: min: dark, med: mid, max: light        
Tempo de Execução da Bateria
Ocioso (sem WLAN, min brilho)
9h 26min
Navegar com WLAN
7h 05min
Carga (máximo brilho)
4h 53min

Veredito

Nós também estávamos curiosos sobre como o successor do até agora mais vendido netbook iria parecer e especialmente como ele iria se posicionar em comparação com seus numerosos competidores. Agora chegou a hora e nossa impressão geral terminou sendo algo dividida.

Por um lado o Acer entrega um chassis muito compacto e robusto, mas apenas porque somente componentes plásticos foram aplicados em sua superfície. Os rivais comumente apresentam cases com partes de alumínio e magnésio. Sem dúvidas, a estabilidade do Acer D150 é correta, mas a impressão material de metal genuíno é outra coisa. Imitar uma estrutura de alumínio escovado como área de descanço de pulso não ajuda muito também.

Um fator decisivo em um netbook é sem dúvidas a sua tela. Fora algumas excessões, todos aparelhos jogam na mesma liga no que diz respeito a resolução. Então o segundo critério deve ser o brilho de tela, no qual o Acer completa  totalmente a nossa satisfação com mais de 200 cd/m2. Ele parece diferente com o acabamento da superfície da tela. Como uma refletiva e brilhante tela pode ser justificada em um ultra-portátil netbook? Não pode ser pelas cores brilhantes na picotada reprodução de vídeos HD...

Um passo a frente foi feito na configuração do Aspire One D150 com o Intel Atom N280 CPU. Ele se mostrou ser bem mais eficiente no geral que seu predecessor direto (N270). Possíveis competidores, como por exemplo o VIA ano U2250 chip, ainda  podem ser batidos no futuro.

Um ponto crítico em nosso teste de amostra foi a conduta da ventoinha no modo de escritório. Nós percebemos uma ventilação pulsante aqui, que normalmente permanecia quieta, mas se tornava irritante especialmente em ambientes silenciosos após um certo tempo.
Surpreendentemente ocorreram possíveis altas temperatura no case quando em uso pesado que são comuns em uso como substitutos de desktop ou jogos em notebook.

A controversa carta de trunfo do Acer Aspire D150 é o tempo de duração da bateria. O netbook supera seus competidores com respeito, podendo ter mais que 9 horas de uso. O aparelho é um pouco mais pesado que seus competidores potenciais, com suas 1350 gramas. Mas tendo em vista a duração da bateria você pode conviver bem com isso.
Agora se tornou necessário estudar os netbooks bem de perto para descobrir aquele que cobre melhor as necessidades individuais do usuário, ainda que os preços estejam bem atrativos como antes. Os pacotes oferecidos são muito diferentes, mesmo quando eles mostram especificações idênticas na aparência.

Acer Aspire One D150
Acer Aspire One D150
Acer Aspire One D150
Acer Aspire One D150
Acer Aspire One D150
Acer Aspire One D150
Acer Aspire One D150
Acer Aspire One D150
Samsung NC20
Analisado: Acer Aspire One D150

Especificações do portátil

Acer Aspire One D150 (Aspire One Serie)
Processador
Placa gráfica
Intel Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Análises do: 400 MHz, 6.14.10.4926
Memória
1024 MB 
, DDR2 PC5300, 1x1024MB, max. 2048MB
Pantalha
10.1 polegadas 16:9, 1024 x 600 pixel, CrystalBrite TFT LCD, Brilhante: sim
placa mãe
Intel i945 GME
Disco rígido
WDC Scorpio Blue WD1600BEVT, 160 GB 
, 5400 rpm
Placa de Som
HD Audio
Conexões
3 USB 2.0, 1 VGA, 1 Kensington Lock, Conexões Audio: Headphones, microphone, Card Reader: Multi-Cardreader
Funcionamento em rede
Atheros AR8121/AR8113 PCI-E Ethernet Controller (10/100MBit/s), Atheros AR5007EG (b/g), Bluetooth 2.0+EDR
Tamanho
altura x largura x profundidade (em mm): 33 x 185 x 260
Bateria
59 Wh Lítio-Ion, 10.8V 5800mAh
Sistema Operativo
Microsoft Windows XP Home 32 Bit
Características adicionais
12 Meses Garantia
peso
1.35 kg, Suprimento de energia: 310 g
Preço
380 Euro

 

O Acer Aspire One D150 mini-notebook é o primeiro netbook de 10 polegadas da Acer.
O Acer Aspire One D150 mini-notebook é o primeiro netbook de 10 polegadas da Acer.
A tela de 10 polegadas vem com uma resolução de 1024x600 pixels e oferece excelente brilho.
A tela de 10 polegadas vem com uma resolução de 1024x600 pixels e oferece excelente brilho.
A superfície reflexiva da tela faz o trabalho em ambiente externo com o aparelho uma provação.
A superfície reflexiva da tela faz o trabalho em ambiente externo com o aparelho uma provação.
A Acer colocou o mais moderno chip da líder de mercado em processadores, o Intel Atom N280.
A Acer colocou o mais moderno chip da líder de mercado em processadores, o Intel Atom N280.
A combinaçao da CPU Intel Atom , gráficos Intel GMA 950 e até 2 GB de RAM...
A combinaçao da CPU Intel Atom , gráficos Intel GMA 950 e até 2 GB de RAM...
...garantem velocidade de operação para as mais comuns aplicações office.
...garantem velocidade de operação para as mais comuns aplicações office.
Infelizmente a ventoinha em si é algo negativamente percebido quando em pouco uso apresenta seus ruídos pulsantes.
Infelizmente a ventoinha em si é algo negativamente percebido quando em pouco uso apresenta seus ruídos pulsantes.
As temperaturas máximas possíveis quando em uso pesado se mostraram bastante altas para um netbook.
As temperaturas máximas possíveis quando em uso pesado se mostraram bastante altas para um netbook.
A Acer oferece uma muito eficiente fonte de energia para o Aspire One D150 com a bateria de 6 células e 59 Wh.
A Acer oferece uma muito eficiente fonte de energia para o Aspire One D150 com a bateria de 6 células e 59 Wh.
O  botão do touchpad realmente não convence, o que faz o uso do Aspire One D150 muito incômodo.
O botão do touchpad realmente não convence, o que faz o uso do Aspire One D150 muito incômodo.
Isso acaba demandando um certo período de prática antes de se começar a digitar sem erros.
Isso acaba demandando um certo período de prática antes de se começar a digitar sem erros.
O teclado oferecido apresenta teclas algo menores que os diversos competidores na categoria de netbooks de 10 polegadas.
O teclado oferecido apresenta teclas algo menores que os diversos competidores na categoria de netbooks de 10 polegadas.
Após o sucesso de vendas A110L, um aparelho de 9 polegadas, o padrão para o D150 foi colocado bem alto.
Após o sucesso de vendas A110L, um aparelho de 9 polegadas, o padrão para o D150 foi colocado bem alto.
O D150 mostra uma nova case, que tenta se distinguir da multidão através de um design sanduíche.
O D150 mostra uma nova case, que tenta se distinguir da multidão através de um design sanduíche.
Enquanto o netbook é mantido em branco na parte de fora, o aparelho é completamente preto por dentro.
Enquanto o netbook é mantido em branco na parte de fora, o aparelho é completamente preto por dentro.
Infelizmente apenas componentes plásticos foram efetivamente usados no que se refere a superfície.
Infelizmente apenas componentes plásticos foram efetivamente usados no que se refere a superfície.
O chassis apresenta uma excelente estabilidade, de qualquer forma...
O chassis apresenta uma excelente estabilidade, de qualquer forma...
...que permite um intensivo uso móvel do netbook sem qualquer preocupação.
...que permite um intensivo uso móvel do netbook sem qualquer preocupação.
O usual grupo de conexões de um netbook são encontrados no aparelho.
O usual grupo de conexões de um netbook são encontrados no aparelho.
Um total de 3 portas USB, uma saída VGA e conexões para microfone e fones de ouvido são encontradas no case do Aspire One D150.
Um total de 3 portas USB, uma saída VGA e conexões para microfone e fones de ouvido são encontradas no case do Aspire One D150.
Tempos de uso de mais de 9 horas são possíveis com ela.
Tempos de uso de mais de 9 horas são possíveis com ela.

Aparelhos Similares

Análise do Netbook Acer Aspire One 531
Graphics Media Accelerator (GMA) 950

Portáteis semelhantes de um fabricante diferente

Análise do Netbook Asus Eee PC 1008HA
Graphics Media Accelerator (GMA) 950
Análise do Netbook HP Mini 5101
Graphics Media Accelerator (GMA) 950
Hands-On: Netbook Sony Vaio-W11 Netbook em Análise
Graphics Media Accelerator (GMA) 950
Análise do Netbook Fujitsu M2010
Graphics Media Accelerator (GMA) 950
Análise do Mini-Portátil Asus Eee PC 1000HE
Graphics Media Accelerator (GMA) 950

Portáteis de um fabricante diferente e com CPU diferente

Análise do Netbook Asus Eee PC 1005HA-M (Win7)
Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Atom N270

Comparar Preços

Pro

+Chassis bem compacto e robusto
+Extensão de garantia para 36 meses, de baixo custo, disponível
+Tela brilhante e com excelente iluminação
+Boa performance da CPU Atom N280
+Adequada qualidade de som
+Excelente duração da bateria
 

Contra

-Teclas comparativamente pequenas
-Teclas do touchpad apertadas
-Uso restrito em ambiente aberto devido a tela brilhante
-Ruído de fundo desagradável em uso de escritório
-Altas temperaturas atingidas em certas circunstâcias

Resumo

O que nós gostamos

Apenas 40 euros por uma extensão de garantia de 36 meses – isso é algo que gostaríamos de ver em alguns outros modelos.

O que sentimos falta

Principalmente uma tela fosca, 100% adaptada par o uso externo. Olá senhores fabricantes, um netbook deve poder ser usado, ao menos parcialmente, em condições adversas de luz...

O que nos surpreendeu

É claro que foi o tempo de duração da bateria. A Acer fez tudo certo aqui e colocou uma bateria muito eficiente no aparelho. Muito obrigado.

Os competidores

Nós devemos realmente começar a contá-los? Ok, pelo menos os mais importantes competidores na categoria de 10 polegadas: Asus Eee 1002HA, Samsung NC10, Lenovo Thinkpad S10e, LG X110,…

Classificação

Acer Aspire One D150 - 03/15/2009
J. Simon Leitner

Acabamento
88%
Teclado
84%
Mouse
78%
Conectividade
80%
Peso
96%
Bateria
100%
Pantalha
82%
Desempenho do jogos
45%
Desempenho da aplicação
65%
Temperatura
74%
Ruído
87%
Impressão
88%
Médio
81%
87%
Netbook - Médio equilibrado
Please share our article, every link counts!
> Análises e revisões de portáteis e celulares > Análises > Análises > Arquivo de análises próprios > Análise do Acer Aspire One D150 Netbook
J. Simon Leitner, 2009-04-20 (Update: 2009-09- 6)