Notebookcheck

Análise do netbook LG X110

Sanduíche Brilhante.

Quase todos os fabricantes os têm nas suas gamas. Netbooks de 10" a preços muito atraentes. A LG manda este X110 para a corrida, um mini-portátil chique equipado com o hardware habitual. De seguida poderá descobrir os seus pontos fortes e as suas fraquezas.

LG X110

O X110 é de momento o único netbook da LG. O fabricante oferece um total de quatro modelos: O X110-L A7SAG ou o X110-L A7SBG que são as entradas na gama e que apenas diferem na cor (preto-branco, e todo branco). Ambos os designs estão também disponíveis com modulos wireless (IEEE 802.11) com as denominações X110-L A7HAG ou X110-L A7HBG.

Caixa

Em relação ás medidas de todos os netbooks de 10", pode-se pensar que todas as caixas são feitas na mesma fábrica e pelo mesmo fabricante (Quem sabe...?), porque o LG X110 também traz uma caixa de 261 milímetros semelhante à dos seus colegas da competição, Eee PC 1000H da Asus ou mesmo o Samsung NC10 , que vêm vestidos quase com a mesma roupa.

 

A LG concentra-se no design das variantes mencionadas acima. Se por um lado, um modelo é oferecido com uma combinação de preto e branco, fazendo lembrar uma sanduíche, já a outra variante é apresentada toda de branco, para os clientes de netbooks mais inocentes.

Nós fomos autorizados a olhar com mais atenção para a decoração sanduíche. A tampa do ecrã tem uma cobertura preto brilhante, mas não fosse isso suficiente para a LG, o fabricante decidiu ir mais longe ao colocar o mesmo revestimento brilhante na parte inferior do portátil. Algo ainda muito pouco visto.

Tal como em todos os revestimentos tipo "piano"  - em relação ao LG X110: Aspecto, nota máxima; Prática, nota...

 

 

Após se ter retirado a película protectora para iniciar o teste, começaram-se a acumular rapidamente marcas de dedos na parte exterior do aparelho.Este é o primeiro ponto de crítica do aparelho: Seria simpático se o obrigatório pano de micro fibra estivesse incluído na compra do portátil, será que pelo menos podem tratar deste problema?

Em todo o caso, a estabilidade da base é boa. A LG quase de certeza que também usa uma liga de magnésio. A caixa lida com muita facilidade o excesso de pressão aplicado, com a excepção da parte de baixo na área da grelha de ventilação. Isto também se aplica ao ecrã, cuja tampa oferece uma boa protecção.

 

Nós não ficámos especialmente contentes com as dobradiças do ecrã. Estas não parecem bem concebidas; elas não conseguem impedir que a tampa do ecrã se abra durante o transporte do portátil. Para além disso, o ângulo de abertura máximo está limitado a 133º,o que para nós constituiu um problema na realização de alguns testes. O LG X110 também dispensa o uso de ganchos para fechar o ecrã. Aparentemente usa um íman para manter o ecrã fechado.

Conectividade

Não existem surpresas em relação à conectividade do X110. No aparelho estão: três portas USB 2.0, tomadas de 3.5mm para auscultadores e microfone, uma saída VGA bem como uma ficha RJ45 para LAN. Um leitor de cartões 4 em 1 também é oferecido.

Sob certas circunstâncias, a colocação de muitas portas pode dar origem a problemas quando estão todas em funcionamento (excesso de consumo de energia). Ambas as portas USB estão posicionadas bem afastadas da parte da frente do portátil e mesmo a USB do lado direito está colocada no primeiro terço da lateral.

Frente: Sem ligações.
Frente: Sem ligações.
Lado esquerdo: Fecho Kensington, conector eléctrico, 2x USB
Lado esquerdo: Fecho Kensington, conector eléctrico, 2x USB
Trás: Sem ligações
Trás: Sem ligações
Lado direito: Leitor de cartões, áudio, USB 2.0, Saída VGA, LAN
Lado direito: Leitor de cartões, áudio, USB 2.0, Saída VGA, LAN

A comunicação por cabo de rede é feita graças a uma Realtek RtL8102E (10/100Mbps). Alternativamente pode usar o módulo wireless 802.11 b/g ou o módulo Bluetooth.

Apenas a variante mais cara vem equipada com um módulo wireless que incluí Bluetooth 2.0+EDR.  Com um preço de venda ao público de 430 euros está a 100 euros do preço da versão mais equipada. As vídeo conferencias são possíveis através de um módulo UMTS e uma webcam (1.3 mega pixeis) incluída em todas as variantes. A camara integrada tem problemas em focalizar o movimento, mesmo com uma resolução mínima de 160x120 pixeis.

Em relação à garantia, a LG oferece 24 meses com serviço de levantamento e entrega do equipamento deste mini portátil de 1200 gramas.

 

Dispositivos de Entrada

Actualmente todos os portáteis de 10" oferecem um teclado muito semelhante tendo apenas algumas diferenças mínimas. Este facto já é definido pela dimensão do aparelho. Com uma caixa com 261 milímetros de largura, o X110 oferece quase o mesmo espaço dos gigantes Asus Eee 1000H ou o Samsung NC10.

As teclas alfa-numéricas medem 1.7 x 1.6 centímetros  e estão dentro dos valores apresentados pela classe. As teclas especiais foram concebidas de forma  a possuírem espaço suficiente para serem ergonómicas, com a excepção da tecla "^", "+" e "#" para além das de cursor.

O teclado também convenceu no teste prático. Não apenas em relação ao tamanho das teclas alfa-numéricas, mas também em relação à disposição das mesmas pelo teclado e pela sensação agradável que tivemos ao digitar. Foi mesmo possível usar o netbook para touch-typing (teclar sem olhar para o teclado) sem quaisquer problemas.

O touchpad mostrou uma surpreendente configuração "quase" quadrada, algo que é pouco usual num netbook deste tamanho. Com uma área de 5x4 centímetros, oferece espaço suficiente para ser utilizado confortavelmente. Ambas as teclas do touchpad ficaram um pouco aquém do esperado, e não conseguiram ser muito convincentes no seu funcionamento. Existe um grande espaçamento entre as duas teclas e é necessário exercer muita pressão sobre elas para funcionarem devidamente. Assim é aconselhável que se usem as duas mãos para trabalhar no pad.

 

LG X110 Touchpad
Touchpad
LG X110 Teclado
Teclado

Ecrã

O LG tem um ecrã de 10" WSVGA LED, que corresponde ao actual standard para os aparelhos desta categoria, com uma resolução de 1024x600 pixeis. Em relação a outros portáteis com ecrãs de maiores dimensões, temos de referir que nestes 10" é necessário fazer mais scroll em páginas da Internet, bem como no uso de vários programas.

No nosso teste o ecrã obteve um bom resultado de brilho máximo chegando aos 255cd/m2  na zona central inferior. Infelizmente o brilho do ecrã decresceu significativamente nos cantos superiores (até aos 198 cd/m2), resultando num valor de ilunimação abaixo da média de 74% do ecrã .

189
cd/m²
192
cd/m²
192
cd/m²
224
cd/m²
239
cd/m²
220
cd/m²
240
cd/m²
255
cd/m²
235
cd/m²
Distribuição do brilho
Máximo: 255 cd/m² Médio: 220.7 cd/m²
iluminação: 74 %
Contraste: 664:1 (Preto: 0.36 cd/m²)

Em relação ao contraste máximo, o ecrã atingiu um igualmente bom resultado. O valor mínimo de brilho foi de 0.36 cd/m2 (valor negro), resultando da interacção com o brilho máximo, atingiu um muito bom valor de contraste de 663:1.

LG X110
LG X110 Outdoor

Devido ao bom brilho do ecrã, bem como à sua superfície não reflectiva, O LG X110 é absolutamente adequado ao uso no exterior, mesmo em locais com condições de luz desfavoráveis.

Os ângulos de visão estáveis do X110 estão correlacionados com os da concorrência. No plano horizontal os ângulos são satisfatórios, enquanto que no plano vertical podem ser encontradas rapidamente mais distorções de imagem.

 

Ângulos LG X110
Ângulos LG X110

Desempenho

É natural que pense, que a base de todos os netbooks seja um Intel Atom com uma gráfica Intel GMA 950. Mesmo que na realidade não seja bem assim, e existam outras tecnologias, o que é um facto é que a Intel de momento oferece uma das melhores soluções em termos de valor por dinheiro investido.

O desempenho deste netbook tem por objectivo aplicações comuns de escritório, i.e., escrita de texto, folhas de cálculo, galerias de fotos, email e acesso à Internet. Estas tarefas são feitas sem problemas por esta solução Intel. O sistema apenas acusa as suas limitações em tarefas computacionalmente complexas e aplicações de tratamento gráfico. Seja como for os netbooks não foram concebidos com esse objectivo.

 

Em relação ao disco rígido, trata-se de um disco comum (não solid-state) fornecido pela Fujitsu (MHZ2160BH). De facto trata-se da mesma unidade que vem com o concorrente da Samsung, o N10. Este disco tem uma velocidade de 5400rpm e uma capacidade de 160GB. O teste HDTune mostrou um bom desempenho em relação a tempos de acesso e a taxas de transferência.

 

Em relação à memória principal, foi usado um módulo de 1024MB DDR2 (533MHz). A expansão da memória para 2GB é possível, o  que irá melhorar significativamente o trabalho de aplicações gráficas mais exigentes ou simplesmente trabalhar com várias aplicações abertas simultâneamente.

 

 

 

Informação de sistema Processador
Informação de sistema Processador
Informação de sistema Chipset
Informação de sistema RAM
Informação de sistema RAM
Informação de sistema Gráfica
Informação de sistema Gráfica
Informação de sistema Disco
Informação do sistema LG X110
3DMark 2001SE Standard
2788 pontos
3DMark 03 Standard
675 pontos
Ajuda
Cinebench R10
 ConfiguraçõesValor
 Rendering Single 32Bit541 Points
 Rendering Multiple CPUs 32Bit822 Points
 Shading 32Bit272 Points
160 GB - 5400 rpm
Velocidade de Transferência Mínima: 6.7 MB/s
Velocidade de Transferência Máxima: 63 MB/s
Velocidade de Transferência Média: 50.3 MB/s
Tempo de Acesso: 17.4 ms
Índice de Explosão: 82.9 MB/s
Uso da CPU: 4.7 %

Emissões

Ruído do sistema

Quando se usa o netbook com as definições de energia em modo poupança, a ventoinha de arrefecimento do sistema permanece a maior parte do tempo desligada, mesmo com aplicações simples como editores de texto ou quando se navega pela Internet. O disco rígido também é bastante silencioso. De vez em quando ouve-se o ligar da ventoinha quando se escolhe o modo normal  e permanece ligada quando se executam aplicações mais exigentes, emitindo nessas ocasiões uns bem audíveis 34,4dB(A).

Nós conseguimos medir um máximo de 40,3dB(A) neste LGX110, com ele obviamente sob carga, que o classifica como sendo ruidoso. No  entanto este valor é conseguido em condições extremas, e deverá ser raramente atingido em um uso normal do netbook.

Barulho

Ocioso
30.4 / 30.4 / 34.4 dB
HDD
31.8 dB
Carga
33.5 / 40.3 dB
 
 
 
30 dB
silencioso
40 dB(A)
audível
50 dB(A)
ruidosamente alto
 
min: dark, med: mid, max: light    (15 cm de distância)

Temperatura

O interessante neste ponto, foi que conseguimos medir a temperatura máxima na parte superior do aparelho. Esta foi de 32,2ºC na zona central do teclado. A zona inferior do aparelho manteve uma temperatura que não passou de 31,7ºC, ou seja um pouco inferior à máxima. Podemos considerar que estas temperaturas não afectam o uso do portátil no colo.

Carga Máxima
 27.9 °C28.4 °C27.9 °C 
 31.3 °C32.2 °C27.6 °C 
 27.8 °C31.6 °C25.3 °C 
Máximo: 32.2 °C
Médio: 28.9 °C
31.6 °C30.4 °C29.7 °C
31.7 °C30.2 °C28.8 °C
28.8 °C29.8 °C27.7 °C
Máximo: 31.7 °C
Médio: 29.9 °C
Temperatura do quarto 20 °C

Alto-falantes

O som emitido pelos alto-falantes integrados quase que pode ser classificado como sendo uma desgraça. Estes estão colocados por baixo do netbook e emitem as suas pequenas ondas sonoras contra a base onde se encontra o netbook.

Geralmente, é seguro assumir-se que se deve esquecer a ideia de usar estes alto-falantes para reprodução de musica. Na verdade eles apenas têm capacidade de tratar os sons de sistema do Windows, e mesmo assim não se deve colocar o volume no máximo.

No fim, ficamos com as portas de som para conseguir-mos uma reprodução minimamente decente. Estas conseguem fornecer uma qualidade de som aceitável, transformando este netbook num leitor portátil de música.

 

Autonomia

Autonomia máxima (BatteryEater Readers Test)
Readers Test
Autonomia mínima (BatteryEater Classic Test)
Classic Test

A LG oferece, de acordo com a folha de especificações, dois tipos de baterias para o X110. Uma de 3-células com uma capacidade de 24,4Wh e uma de 6-células  com uma maior capacidade.A nossa amostra estava equipada com a bateria de 3 células, que não consegue acompanhar o desempenho das baterias mais potentes dos adversários.

No teste BatteryEater, que mede o máximo de autonomia do netbook, com o modo de poupança ligado (brilho do ecrã no mínimo, WLAN desligada) a nossa amostra conseguiu um tempo de apenas 148 minutos. Sob carga e em modo de alto desempenho (brilho máximo, WLAN ligada), o nosso X110 conseguiu aguentar só 78 minutos.

No teste prático de uso da WLAN, as coisas não correram melhor. Com um brilho máximo em modo normal, o X110 conseguiu uma autonomia de 125 minutos, o que é pouco mais de duas horas. Este valor não é muito tendo em atenção que este tipo de portátil se destina maioritariamente a um uso móvel. São vários os concorrentes que conseguem pelo menos o dobro destes valores, mesmo se recorrendo a uma bateria de maior capacidade.

 

Consumo de energia
desligadodarklight 0 / 0 Watt
Ociosodarkmidlight 9.6 / 12.8 / 13.8 Watt
Carga midlight 19.5 / 20 Watt
 color bar
Key: min: dark, med: mid, max: light        
Tempo de Execução da Bateria
Ocioso (sem WLAN, min brilho)
2h 28min
Navegar com WLAN
2h 05min
Carga (máximo brilho)
1h 18min

Conclusão

Com o X110, a LG tenta marcar pontos sobretudo com um design muito atractivo. Infelizmente, pensamos que eles foram um pouco longe de mais com esse aspecto, vendo que tanto a tampa do ecrã como o fundo do aparelho receberam o mesmo tipo de acabamento tipo "piano". O X110 é interessante por causa do seu baixo preço de entrada situado um pouco acima dos 300 euros. Por este valor tem de prescindir do módulo Bluetooth e UMTS/HSDPA.

O teclado saiu muito positivo no nosso teste. A dimensão das teclas, bem como a sua disposição e o funcionamento agradável, mesmo num uso mais intenso, conseguiu convencer-nos. A única falha nos dispositivos de entrada, na nossa opinião, é a tecla única do touchpad que oferece muita resistência ao funcionamento e zona morta no meio.

Se por um lado o ecrã leva pontos por ter um brilho máximo elevado e um bom contraste, por outro lado merece alguma critica pelo valor mediano de iluminação e ângulos de visão.

Não existiram surpresas escondidas em relação ao hardware escolhido pela LG. Esta oferece o desempenho suficiente para se trabalhar com aplicações de escritório pouco exigentes. É possível conseguir um uso tranquilo (pouco ruidoso) do portátil com uma correcta escolha de modos de energia e as temperaturas nas diversas superfícies mantêm-se sempre dentro de limites aceitáveis.

Os altifalantes instalados têm que ser descritos como quase ausentes. Obter prazer de ouvir música é impossível com este equipamento. A bateria de 3 células, que permite ao X110 uma autonomia moderada, é pouco melhor.

O LG X110 pode ser descrito como um aparelho interessante, dependendo do que se  espera do netbook. Os seus pontos  fortes são em primeiro lugar o seu design, os seus dispositivos de entrada e o ecrã para uso no exterior. Para uma maior autonomia deve ser considerada a compra de uma bateria de maior capacidade. Como vem equipado, o preço de entrada deste portátil ultrapassa por pouco os 300 euros, fazendo do LG X110 um sério concorrente dos netbooks já existentes no mercado.

LG X110
LG X110
LG X110
LG X110
LG X110
LG X110
LG X110
LG X110

 

O nosso agradecimento ao Cyberport.de que gentilmente nos cedeu o portátil de teste. Poderá configurá-lo e comprá-lo aqui também...

LG X110
Em análise: Netbook LG X110 cortesia de:

Especificações do portátil

LG X110 (XNote Serie)
Processador
Placa gráfica
Memória
1024 MB 
, DDR2
Pantalha
10.2 polegadas 16:9, 1024x600 pixel, Ecrã WSVGA LED, Brilhante: não
placa mãe
Intel 945GM
Disco rígido
160 GB - 5400 rpm, 160 GB 
, 5400 rpm, FUJITSU MHZ2160BH
Placa de Som
Realtek ALC888
Conexões
3 USB 2.0, 1 VGA, 1 Kensington Lock, Conexões Audio: Altifalantes, Microfone, Card Reader: Leitor de cartões 4 em 1 (SD, MMC, MS, MS pro)
Funcionamento em rede
Realtek RTL8102E Family PCI-E Fast Ethernet (10/100MBit), 802.11b/g (b/g), Bluetooth 2.0+EDR (optional)
Tamanho
altura x largura x profundidade (em mm): 36 x 178 x 261
Bateria
24 Wh Lítio-Ion, 11.1V 2.2 Ah
Sistema Operativo
Microsoft Windows XP Home 32 Bit
Características adicionais
24 Meses Garantia
peso
1.2 kg, Suprimento de energia: 370 g
Preço
350 Euro

 

O netbook LG X110 mostra-se de forma impressionante.
O netbook LG X110 mostra-se de forma impressionante.
Os altifalantes não são razão para alegrias pois o seu som é de fraca qualidade.
Os altifalantes não são razão para alegrias pois o seu som é de fraca qualidade.
As temperaturas à superfície do netbook mantiveram-se dentro dos limites.
As temperaturas à superfície do netbook mantiveram-se dentro dos limites.
A ventoinha não tem grandes problemas com o equipamento da Intel (Atom N270, GMA 950).
A ventoinha não tem grandes problemas com o equipamento da Intel (Atom N270, GMA 950).
Graças à sua superfície não espelhada, o netbook pode ser usado no exterior sem problemas.
Graças à sua superfície não espelhada, o netbook pode ser usado no exterior sem problemas.
Por outro lado, o ecrã oferece um bom brilho, bem como um bom contraste de imagem.
Por outro lado, o ecrã oferece um bom brilho, bem como um bom contraste de imagem.
Infelizmente, a tecla do touchpad tem de ser criticada por ter uma zona morta muito grande.
Infelizmente, a tecla do touchpad tem de ser criticada por ter uma zona morta muito grande.
O teclado marca pontos devido ao tamanho das teclas e também por ser agradável de usar.
O teclado marca pontos devido ao tamanho das teclas e também por ser agradável de usar.
Um módulo UMTS/HSPDA é apenas fornecido numa versão mais cara.
Um módulo UMTS/HSPDA é apenas fornecido numa versão mais cara.
Um total de 3 portas USB 2.0, uma saída VGA, bem como portas áudio para um microfone e auscultadores.
Um total de 3 portas USB 2.0, uma saída VGA, bem como portas áudio para um microfone e auscultadores.
O LG X110 oferece as portas comuns e básicas de um netbook.
O LG X110 oferece as portas comuns e básicas de um netbook.
Elas permitem um ângulo de abertura de aproximadamente 133º, não conseguindo, no entanto, que a tampa levante um pouco.
Elas permitem um ângulo de abertura de aproximadamente 133º, mas não conseguem impedir que a tampa levante um pouco.
As dobradiças muito delicadas podem ser vistas como um problema
As dobradiças muito delicadas podem ser vistas como um problema
Devido ao uso de liga de magnésio, a estabilidade da caixa é muito boa.
Devido ao uso de liga de magnésio, a estabilidade da caixa é muito boa.
A tampa do ecrã em acabamento "piano", bem como o revestimento da parte inferior consegue impressionar.
A tampa do ecrã em acabamento "piano", bem como o revestimento da parte inferior consegue impressionar.
A bateria de 3 células dá a este X110 apenas uma autonomia de aproximadamente duas horas.
A bateria de 3 células dá a este X110 apenas uma autonomia de aproximadamente duas horas.

Portáteis Semelhantes

Portáteis com o mesmo GPU e tamanho de tela

Análise do Netbook Asus Eee PC 1005HA-M (Win7)
Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Atom N270, 1.28 kg
Análise do Netbook Dell Latitude 2100
Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Atom N270, 1.58 kg
Análise do Netbook Asus Eee PC 1008HA
Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Atom N280, 1.05 kg
Análise do Netbook HP Mini 5101
Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Atom N280, 1.2 kg
Hands-On: Netbook Sony Vaio-W11 Netbook em Análise
Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Atom N280, 1.2 kg
Análise do Netbook Asus Eee PC 1005HA-M
Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Atom N270, 1.28 kg
Análise do Notebook Samsung N120 Branco
Graphics Media Accelerator (GMA) 950, Atom N270, 1.3 kg

Comparação de preços

Pricerunner.de

Pro

+Design Atraente.
+Preço baixo.
+Teclado muito agradável.
+Ecrã preparado para uso no exterior com bom contraste.
+Funcionamento silencioso.
+Baixas emissões de calor.
 

Contra

-Superfícies sujam-se com facilidade.
-Dobradiças do ecrã pequenas.
-Configuração simples sem Bluetooth.
-Altifalantes com baixa qualidade de som.
-Bateria de 3 células com pouca autonomia.

Resumo

O que gostámos

O design sanduíche. Infelizmente a superfície tipo "piano" não é muito prática.

O que nos faltou

Definitivamente uma bateria com maior autonomia que a que vinha na configuração base ensaiada. O obrigatório pano de microfibra ou melhor: uma caixa deles.

O que nos surpreendeu

As dobradiças de um ecrã são concebidas para durarem a vida útil de um netbook.

 

A concorrência

Tudo na liga dos ecrãs de 10" que coloca importância na aparência: HP Compaq Mini 701eg, Asus Eee PC 1000H, Samsung NC10,...

Avaliação

LG X110 - 11/11/2008
J. Simon Leitner

Acabamento
86%
Teclado
88%
Mouse
82%
Conectividade
79%
Peso
98%
Bateria
66%
Pantalha
86%
Desempenho do jogos
40%
Desempenho da aplicação
60%
Temperatura
90%
Ruído
90%
Impressão
86%
Médio
79%
85%
Netbook - Médio equilibrado
Please share our article, every link counts!
> Análises e revisões de portáteis e celulares > Análises > Análises > Arquivo de análises próprios > Análise do Portátil LG X110
J. Simon Leitner, 2009-02-11 (Update: 2009-09- 6)