Notebookcheck

Mi 10 Ultra: Xiaomi revela detalhes por trás de sua câmera querida

Xiaomi revelou detalhes sobre as câmeras dentro do Mi 10 Ultra. (Fonte da imagem: Xiaomi)
Xiaomi revelou detalhes sobre as câmeras dentro do Mi 10 Ultra. (Fonte da imagem: Xiaomi)
Xiaomi arrancou todas as paradas com as câmeras no Mi 10 Ultra. Assim, o dispositivo é atualmente o smartphone a ser batido quando se trata de câmeras e até consegue vencer pesos pesados como o Huawei P40 Pro, Samsung Galaxy S20 Ultra, e Oppo Find X2 Pro. Agora, os engenheiros por trás do último smartphone de Xiaomi revelaram um pouco da magia que o levou a construí-lo.
Alex Alderson, 🇺🇸 🇫🇷 ...
, , , , , ,
pesquisar relação.
, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
 

Xiaomi revelou oficialmente o Mi 10 Ultra para grandes elogios no início deste mês. Atualmente, o principal dispositivo da série Mi 10 ocupa o topo da tabela de liderança do DxOMark, expulsando o Huawei P40 Pro como o smartphone a ser batido, de acordo com o site francês. A Xiaomi já derrubou o Mi 10 Ultra, e agora se aprofundou nos detalhes das câmeras que incluiu em seu último carro-chefe.

Segundo a empresa, a câmera principal é um sensor de 48 MP e 1/1,32 polegadas. Esta câmera tem uma lente 8P, que a empresa incluiu na Mi Note 10 Pro no ano passado. Ainda assim, as lentes 8P continuam sendo raridades nas câmeras de smartphone. Lentes adicionais não necessariamente melhoram a qualidade da imagem, mas podem reduzir erros de imagem, embora às custas de custo e complexidade adicionais. O sensor de 48 MP também suporta ISO duplo nativo, o que supostamente reduz o ruído da imagem com pouca luz, sem recorrer a truques de software.

Além disso, o sensor pode criar imagens HDR diretamente ao combinar fotos com diferentes tempos de exposição. Entretanto, o Mi 10 Ultra combina estas imagens a um nível mais granular do que outros smartphones, que tipicamente misturam três fotos completas. Na prática, isto deve permitir ao Mi 10 Ultra capturar assuntos em movimento com maior precisão com o modo HDR habilitado. O processamento HDR baseado em sensores também dá ao Mi 10 Ultra o direito de se gabar de ser o primeiro smartphone que pode gravar vídeos HDR10.

(Fonte da imagem: Xiaomi)
(Fonte da imagem: Xiaomi)

Xiaomi relied on the IMX586 for the Mi 10 Ultra's telephoto camera, but it encountered issues with utilising the sensor in this way. The sensor measures 1/2.32-inches, which is much larger than typical smartphone telephoto camera sensors. Xiaomi cut the IMX586 down with a D-cut lens, but it took several iterations to overcome the problems that D-cut lenses pose for OIS.

Finally, the ultra-wide-angle camera has a 128° field of view, which is wider than many ultra-wide-cameras; even in high-end smartphones. Xiaomi also used a new 7P lens here, instead of using the 6P lens design of many ultra-wide-angle cameras. As with the 48 MP primary camera, the inclusion of an additional lens supposedly reduces distortion and vignetting. A side-effect of these improvements is that it allows the Mi 10 Ultra to capture ultra-wide images in higher resolutions, as it does not need to correct distortions at the edge of images.

In short, it seems that Xiaomi actually put a lot of work into the cameras on the Mi 10 Ultra. At the very least, these innovations should eventually make their way to future Xiaomi smartphones, like the Mi 11 series.

Source(s)

Xiaomi - Weibo (1) (2) via GSMArena

Alex Alderson
Editor of the original article: Alex Alderson - Senior Tech Writer - 4167 articles published on Notebookcheck since 2018
contact me via: @aldersonaj
Stefan Hinum
Translator: Stefan Hinum - Founder, CEO, CFO - 18072 articles published on Notebookcheck since 2006
Please share our article, every link counts!
> Análises e revisões de portáteis e celulares > Arquivo de notícias 2020 08 > Mi 10 Ultra: Xiaomi revela detalhes por trás de sua câmera querida
Alex Alderson, 2020-08-27 (Update: 2020-08-27)