Notebookcheck

Análise do Portátil HP Pavilion m6-1050sg

Konrad Schneid, Tanja Hinum (traduzido por Ricardo Soto), 11/02/2012

Poder Crossfire? Design compacto sem desperdícios, com entretenimento e desempenho: é assim como o HP Pavilion m6-1050sg é descrito no web site da HP. O APU AMD quad-core A10-4600M com a placa de vídeo dual Radeon HD 7660G + 7670M supostamente oferece o desempenho necessário. Será que realmente não há desperdícios?

Um par de meses atrás, o gigante dos computadores, HP, inundou o mercado com uma série de novos lançamentos. O HP Pavilion m6-1050sg foi um deles e chama a atenção especialmente devido à sua solução de duas placas de vídeo. O portátil multimídia está equipado com o processador quad-core AMD A10-4600M. O processador, baseado na arquitetura Trinity, tem uma freqüência base de 2,3 GHz, que pode ser incrementada até 3,2 GHz graças à tecnologia AMD Turbo-Core 3.0. 

Uma solução de duas places de vídeo baseada na tecnologia AMD Crossfire com a Radeon HD 7660G na placa de vídeo, integrada no APU, bem como a AMD Radeon HD 7670M dedicada, são a base para o desempenho gráfico. Ambas as placas de vídeo calculam uma imagem alocada de forma diferente no modo AFR (Alternate Frame Rendering). A tela de 15,6 polegadas é refletiva e tem uma resolução máxima de 1366x768 pixels. O HP Pavilion m6-1050sg operas com um DDR3 de 8192 MB como memória principal. O disco rígido da Toshiba tem uma capacidade de 640 GB e somente atinge 5400 rpm.

A seguinte análise revela como o portátil multimídia se desempenhou em nossos testes.  

Case

O HP Pavilion m6-1050sg somente está disponível em preto com algumas áreas prateadas. O case alumínio e cromado tem um visual luxuoso e de classe ao mesmo tempo. No entanto, a estabilidade do portátil de 15,6 polegadas deixa muito que desejar. Especialmente no meio do portátil, o material tende a se flexionar fortemente sob pressão leve. A tampa da tela não é muito melhor. Ela é muito fina e pode ser flexionada com facilidade. As dobradiças da tela cumprem sua função de forma bastante moderada, notamos um balanço significante. Com uma altura de 25mm, nosso modelo de teste está um pouca acima do limite da Intel para poder ser chamado de ultrabook. Além disso, a HP fornece ao usuário um acesso relativamente fácil para o interior no portátil. Ademais a bateria pode ser removida facilmente. O peso de 2,4 kg é perfeitamente normal para um portátil deste tamanho. Não conseguimos encontrar bordas afiadas ou transições mal feitas no case.

Conectividade

O HP Pavilion m6-1050sg conta com todas a conexões necessárias. Existem três novas portas USB 3.0 e uma porta USB 2.0. O portátil multimídia até inclui um leitor de impressões digitais. O conector combinado que serve como saída para fones e entrada de microfone, tem uma valoração um pouco negativa, porque obviamente isto significa que somente pode se usar um headset com o conector adequado. Nosso modelo de teste também não tinha o cartão fictício para o leitor de cartões, que está localizado na frente do portátil. O posicionamento das conexões é muito adequada, os canhotos poderiam reclamar sobre muitos conectores na borda esquerda na área frontal durante o uso. 

Lado esquerdo: VGA, HDMI, LAN, 2x USB, áudio
Lado esquerdo: VGA, HDMI, LAN, 2x USB, áudio
Lado direito: gravador de DVD, 2x USB, adaptador
Lado direito: gravador de DVD, 2x USB, adaptador

Comunicação

Os módulos de comunicação do portátil de 15,6 polegadas da HP cumprem com os padrões atuais. O Gigabit LAN é fornecido pela Realtek RTL8168/8111. O Broadcom 802.11n cobre todos os padrões WLAN comuns. O HP Pavilion m6-1050sg fornece a versão 4.0 de Bluetooth. Um módulo UMTS não está incluído no portátil multimídia.

Acessórios 

Como é habitual, os acessórios são bastante escassos. Além do portátil com seu adaptador de força, não há extras. Nem por separado, os acessórios extra não são oferecidos para o HP Pavilion m6-1050sg. 

Garantia

A HP fornece aos seus clientes uma garantia de dois anos para o Pavilion m6-1050sg. Isto inclui um serviço de recolho e entrega. Com cargos extras, o tipo de garantia e sua duração podem ser estendida. A HP oferece um care pack de três anos para este portátil por 165 Euros (~$213), incluindo o sérvio de recolho e entrega. Por 237 Euros (~$307), também pode obter uma garantia de três anos, mas com proteção contra danos acidentais (serviço de recolho e entrega). O web site do fabricante fornece mais informações sobre a extensão da garantia. 

Dispositivos de Entrada

Teclado e Touchpad
Teclado e Touchpad

Teclado

O HP Pavilion m6-1050sg fornece ao usuário um teclado tipo chiclet incluindo um pad numérico completo. O teclado integrado tem um tamanho de 15 mm x 15 mm. No geral, este teclado faz lembrar muito o do HP Pavilion dv7. O deslocamento das teclas é muito agradável, embora seja um pouco suave demais. O som de clique durante a digitação é quase inaudível. Além da grande flexibilidade no meio do teclado, as pequenas teclas direcionais "up" e "down" estão sujeitas a críticas. Isto afetará aos gamers em particular. No entanto, para escrever, o dispositivos de entrada são perfeitamente bons. 

Touchpad

O touchpad integrado também convence. O pad sensível, que é distinguido com claridade do pousa palmas por seu afundamento, é suficientemente grande com seu diâmetro de 11,5 cm. O substituto do mouse suporta gestos multi-touch sem problema algum e os dedos podem se deslizar bem sobre ele. Os dois botões do mouse são perfeitamente bons também. Ela têm um deslocamento breve; o ponto de pressão é claramente definido e acompanhado por um som discreto de clique.

Display

Wie wir testen - Display

Um fator importante para escolher um portátil multimídia, sem dúvida é uma boa tela. O HP Pavilion m6-1050sg usa uma tela de 15,6 polegadas. Infelizmente, a tela é refletiva, fazendo com que o uso em exteriores seja difícil. A resolução nativa máxima é de cerca de 1366x768 pixels. Medimos o brilho do monitor integrado com o Gossen Mavo-monitor. O resultado foi  decepcionante: a iluminação máxima medida foi de 155,9 cd/m². A média foi de apenas 155,9 cd/m². Para comparar: o HP Envy 15-3040nr oferece até 266 cd/m². Pelo menos o brilho não diminui durante o modo de bateria. A iluminação está bem balanceada com 94%.

152
cd/m²
155
cd/m²
156
cd/m²
153
cd/m²
160
cd/m²
157
cd/m²
151
cd/m²
161
cd/m²
158
cd/m²
Distribuição do brilho
AU Optronics B156XW03 V2
Gossen Mavo-Monitor
Máximo: 161 cd/m² Médio: 155.9 cd/m²
iluminação: 94 %
iluminação com acumulador: 160 cd/m²
Contraste: 172:1 (Preto: 0.93 cd/m²)

O nível de escuridão medido é de ao redor de 0,93 cd/m², resultando em um contraste médio de 172:1. Juntando tudo, estes resultados apontam para uma tela barata. Comparamos o espaço de cores da tela com o espaço de cores sRGB. O gráfico mostra claramente que o espaço de cores sRGB é coberto de forma rudimentar. Isto realmente não importa, dado que a cobertura do espaço de cores somente interessa para os designers gráficos profissionais. 

Usar este portátil multimídia em exteriores é bastante difícil. A tela refletiva, bem como a fraca iluminação afeta muito o uso em exteriores.

HP Pavilion m6-1050sg vs. sRGB
HP Pavilion m6-1050sg vs. sRGB
Somente quando está escuro nos exteriores, é possível o uso em exteriores (limitado)
Somente quando está escuro nos exteriores, é possível o uso em exteriores (limitado)
Ponto de vista HP Pavilion m6-1050sg
Ponto de vista HP Pavilion m6-1050sg

A estabilidade do ângulo de visão do HP Pavilion m6-1050sg também deixa muito que desejar. Enquanto que a imagem colapsa rapidamente e de forma massiva com desvios verticais do ângulo ideal, ainda é estável de forma aceitável na horizontal. As fotos mostram claramente a estabilidade dos ângulos de visão. Tiramos fotos do portátil desde diferentes perspectivas com a mesma apertura e velocidade de obturador em um quarto escuro. 

Desempenho

A espinha dorsal do nosso modelo de teste é o AMD A10-4600M. O processador quad-core baseia-se na arquitetura Trinity e supostamente, graças à tecnologia Turbo-Core 3.0 da AMD, consegue uma taxa de até 3,2 GHz. No entanto, em nossos testes, o HP Pavilion m6-1050sg atingiu uma máxima de 2,8 GHz. A freqüência básica do produto mais veloz da série A é de ao redor de 2,3 GHz. O TDP do APU para portátil produzido em 32 nanômetros, é de 35 Watts, segundo o produtor.

Uma característica especial do nosso modelo de teste de 15,6 polegadas é a resolução dual graphics baseada na tecnologia Crossfire da AMD. Além da Radeon HD 7660G, integrada no APU, a placa de vídeo AMD Radeon HD 7670M dedicada também é aplicada. Ambas as placas de vídeo calculam as imagens a serem mostradas no modo AFR (Alternate Frame Rendering). Devido à técnica aplicada, o desempenho pode ser um pouco intermitente. Veja um site especial da Notebookcheck para mais informação. Diferentes intervalos entre duas imagens fazem com que seja visível, embora sejam calculadas suficientes imagens por Segundo, em teoria.  

O HP Pavilion m6-1050sg tem memória DDR3 de 8192 MB como memória principal. A HP escolheu um disco rígido de 640 GB da Toshiba. O HD com a descrição de produto MK6476GSX funciona a apenas 5400 rpm.

System info CPUZ CPU
System info CPUZ cache
System info CPUZ mainboard
System info CPUZ RAM
System info CPUZ RAM SPD
System info GPUZ
Informação do sistema HP Pavilion m6-1050sg

Processador

Como é habitual para a Notebookcheck, testamos o desempenho do CPU do processador quad-core  com Cinebench R10 e Cinebench R11.5. Na versão antiga, nosso modelo de teste atingiu, na renderização múltipla (64bit), 8043 pontos. Portanto, o HP Pavilion m6-1050sg atingiu o mesmo nível de outros portáteis com o mesmo processador, por exemplo o Acer Aspire V3-551G-10468G50Makk (8096 pontos). O Fujitsu Lifebook AH532 de 15,6 polegadas é operado pelo Intel Core i5-3210M (2,5 GHz) e marcou 10989 pontos no mesmo teste.

As coisas foram similares no Cinebench R11.5. Aqui o portátil de 15,6 polegadas atingiu exatamente 2 pontos no teste multi. Com o seu  AMD A10-4600M, o HP Pavilion g7-2051sg de 17 polegadas atingiu 1,98 pontos em uma comparação direta, e o Fujitsu Lifebook AH532 2,89 pontos no mesmo teste. Durante todo o teste, o HP Pavilion m6-1050sg não conseguiu ultrapassar a taxa de 2,8-GHz, embora que. Em teoria seria possível atingir um desempenho de até 3,2 GHz (1 núcleo). 

Cinebench R10
Rendering Single CPUs 64Bit (sort by value)
HP Pavilion m6-1050sg
2801 Points ∼27%
Acer Aspire V3-551G-10468G50Makk
2817 Points ∼27% +1%
Fujitsu Lifebook AH532
5248 Points ∼51% +87%
Rendering Multiple CPUs 64Bit (sort by value)
HP Pavilion m6-1050sg
8043 Points ∼11%
Acer Aspire V3-551G-10468G50Makk
8096 Points ∼11% +1%
Fujitsu Lifebook AH532
10989 Points ∼14% +37%
Cinebench R11.5
CPU Single 64Bit (sort by value)
HP Pavilion m6-1050sg
0.7 Points ∼29%
Fujitsu Lifebook AH532
1.26 Points ∼52% +80%
CPU Multi 64Bit (sort by value)
HP Pavilion m6-1050sg
2 Points ∼5%
Acer Aspire V3-551G-10468G50Makk
2.01 Points ∼5% +1%
Fujitsu Lifebook AH532
2.89 Points ∼7% +45%

Legend

 
HP Pavilion m6-1050sg AMD A10-4600M, AMD Radeon HD 7660G + HD 7670M Dual Graphics, Toshiba MK6476GSX
 
Acer Aspire V3-551G-10468G50Makk AMD A10-4600M, AMD Radeon HD 7660G + HD 7670M Dual Graphics, Seagate Momentus 5400.6 ST9500325AS
 
Fujitsu Lifebook AH532 Intel Core i5-3210M, NVIDIA GeForce GT 640M LE, Toshiba MK7575GSX
Cinebench R10 Rendering Single 32Bit
2074
Cinebench R10 Rendering Multiple CPUs 32Bit
5629
Cinebench R10 Shading 32Bit
5315
Cinebench R10 Rendering Single CPUs 64Bit
2801 Points
Cinebench R10 Rendering Multiple CPUs 64Bit
8043 Points
Cinebench R10 Shading 64Bit
5498 Points
Cinebench R11.5 CPU Single 64Bit
0.7 Points
Cinebench R11.5 CPU Multi 64Bit
2 Points
Cinebench R11.5 OpenGL 64Bit
31.23 fps
Ajuda

Desempenho do Sistema

Para testar o desempenho de todo o sistema, aplicamos o conhecido software de benchmark PCMark Vantage, bem como o PCMark 7 da Futuremark. No uso cotidiano, o portátil multimídia funciona de forma suficientemente fluente. Mas, quais resultados revelaram as ferramentas de benchmark? No PCMark Vantage, nosso modelo de teste marcou 5466 pontos e, portanto, é quase tão bom quanto sei irmão maior, o HP Pavilion g7-2051sg(5552 pontos) em nosso banco de dados de benchmarks. Mais para trás está o Acer Aspire V3-551G-10468G50Makk com o mesmo CPU e GPU. O portátil, que também é de 15,6 polegadas, marcou apenas 4951 pontos neste teste. O ruim turbo do CPU, bem como o lento disco rígido, são os culpáveis. O Fujitsu Lifebook AH532 (Intel Core i5-3210M / NVIDIA GeForce GT 640M LE) esteve evidentemente à frente do nosso modelo de teste, com 7157 pontos.

No atual PCMark 7, as diferenças entre o portátil Acer e o nosso modelo de teste não são tão severas. O portátil multimídia da HP lidera com 1864 pontos (Aspire V3-551G-10468G50Makk 1844 pontos). Em comparação com ambas as versões AMD, o Fujitsu Lifebook AH532 está evidentemente na frente (2165 pontos).

PCMark Vantage - 1024x768 Result (sort by value)
HP Pavilion m6-1050sg
5466 Points ∼18%
Acer Aspire V3-551G-10468G50Makk
4951 Points ∼16% -9%
Fujitsu Lifebook AH532
7157 Points ∼23% +31%
PCMark 7 - Score (sort by value)
HP Pavilion m6-1050sg
1864 Points ∼20%
Fujitsu Lifebook AH532
2165 Points ∼24% +16%

Legend

 
HP Pavilion m6-1050sg AMD A10-4600M, AMD Radeon HD 7660G + HD 7670M Dual Graphics, Toshiba MK6476GSX
 
Acer Aspire V3-551G-10468G50Makk AMD A10-4600M, AMD Radeon HD 7660G + HD 7670M Dual Graphics, Seagate Momentus 5400.6 ST9500325AS
 
Fujitsu Lifebook AH532 Intel Core i5-3210M, NVIDIA GeForce GT 640M LE, Toshiba MK7575GSX
5.9
Índice de Experiência Windows 7
Processador
Cálculos por segundo
6.9
Memória (RAM)
Operações de memória por segundo
7.2
Gráficos
Desempenho da Área de Trabalho para Windows Aero
5.9
Gráficos de jogos
Gráficos 3D empresariais e de jogos
6.4
Disco rígido principal
Velocidade de transferência de dados de disco
5.9
PCMark Vantage Result
5466 pontos
PCMark 7 Score
1864 pontos
Ajuda

Solução de Armazenamento

Como já foi mencionado, o HP Pavilion m6-1050sg usa um disco rígido de 640 GB da Toshiba. O HD com nome de produto Toshiba MK6476GSX funciona a 5400 rpm. Analisamos o desempenho do HD com o HD Tune. A taxa de transferência media foi de cerca de 58,5 MB/s, posicionando o disco rígido na metade inferior de nosso banco de dados de benchmarks. Um HD com 7200 rpm ou até mesmo um SSD seria muito mais veloz. O portátil multimídia Asus N56VM, que funciona com um disco rígido de 750 GB (7200 rpm) da Seagate, é um exemplo positivo.  Taxa de transferência media é de ao redor de 90,1 MB/s, representando um aumento do desempenho de cerca de 54%. 

Sony Vaio SV-Z1311Z9EX nos mostra o que é possível atualmente. No HDTune  o portátil com um SSD RAID de 256 GB da Samsung atinge uma taxa de transferência média de 951 MB/s e, portanto, é dezesseis vezes mais veloz que o nosso modelo de teste. A um alto preço de 2500 Euros (~$3238), o portátil de 13,1 polegadas está em uma faixa de preços completamente diferentes.

Para mais informações sobre o desempenho dos HDs e SDDs, por favor, confira o nosso site especial.

Toshiba MK6476GSX
Velocidade de Transferência Mínima: 2.3 MB/s
Velocidade de Transferência Máxima: 83 MB/s
Velocidade de Transferência Média: 58.5 MB/s
Tempo de Acesso: 17.8 ms
Índice de Explosão: 77.4 MB/s
Uso da CPU: 1 %

Placa de Vídeo

Testamos com a conhecida série 3dMark da Futuremark, como é o desempenho da resolução dual-graphics baseada na tecnologia Crossfire AMD. No 3DMark Vantage atingiu 6548 pontos. Isto realmente coloca o portátil multimídia na frente do Acer Aspire V3-551G-10468G50Makk (5995 pontos) com o mesmo CPU e GPU. O HP Pavilion g7-2051sg de 17 polegadas é um pouco melhor que o nosso modelo de teste (6655 pontos). No atual 3DMark 11, o HP Pavilion m6-1050sg lidera entre todos os portáteis com o mesmo processador e configuração de gráficos, com 2065 pontos. O Acer Aspire V3-551G-10468G50Makk de  15,6 polegadas, por exemplo, atingiu apenas 1988 pontos. A capacidade prática nos jogos foi testada de forma separada com um par de jogos atuais. 

3DMark 03 Standard
21905 pontos
3DMark 06 Standard
8381 pontos
3DMark Vantage P Result
6548 pontos
3DMark 11 Performance
2065 pontos
Ajuda

Desempenho dos Jogos

Equipado com o processador quad-core AMD A10-4600M, e com uma resolução gráfica dual Crossfire deveria significar que os jogos atuais deveriam rodar sem dificuldades. Testamos isto com alguns jogos atuais e antigos, sob condições realistas. Coma resolução nativa máxima de 1366x768 pixels e nível médio de detalhe, os jogos antigos como Mafia 2 não são problema. Com os jogos atuais, por exemplo, Skyrim, medimos 27 fps em média. Normalmente, um jogo deveria ter, pelo menos, 30 fps para rodar fluentemente. Portanto, o nosso modelo de teste está no limite. O Acer Aspire V3-551G-10468G50Makk neste teste roda o Skyrim com 33 fps, portanto, um pouco melhor. O Toshiba Satellite P855-107 de 15,6 polegadas atingiu ao redor de 40 fps com o processador Intel Core i7-3610QM e a placa de vídeo GeForce GT 640M.

Ir acima da resolução nativa máxima traz alguns problemas neste portátil multimídia, um fato que não interessa muito, dado que isto somente pode ser feito com uma tela externa. 

Para resumir, é justo dizer que o HP Pavilion m6-1050sg evidentemente atinge seus limites com jogos atuais com uma resolução de 1366x768 pixels, mas pode rodar jogos antigos sem problemas. Nosso site especial menciona os jogos que funcionam bem com qual placa de vídeo.

baixo média alto ultra
Mafia 2 (2010) 46 41 37 24 fps
Dirt 3 (2011) 83 48 44 22 fps
F1 2011 (2011) 50 35 28 16 fps
The Elder Scrolls V: Skyrim (2011) 33 27 19 10 fps
Sleeping Dogs (2012) 42 29 15 5 fps
F1 2012 (2012) 32 26 24 15 fps

Emissões

Ruído

No geral, o portátil multimídia da HP funciona de forma relativamente silenciosa. Ele atinge um nível de ruído de até 37,2 dB(A) no modo inativo (comparado com: Acer Aspire V3-551G-10468G50Makk 33,4 dB(A)), o topo durante tarefas exigentes não é muito superior. Durante tarefas exigentes, medimos um nível de ruído de 39,2 dB (A) como máximo, o qual, sem dúvida, pode ser escutado, mas não é perturbante. 

Barulho

Ocioso
33.5 / 33.5 / 37.2 dB
DVD
36.4 / dB
Carga
39.1 / 39.2 dB
  red to green bar
 
 
30 dB
silencioso
40 dB(A)
audível
50 dB(A)
ruidosamente alto
 
min: dark, med: mid, max: light   Voltcraft sl-320 (15 cm de distância)

Temperatura

Teste de estresse com Furmark e prime95
Teste de estresse com Furmark e prime95

Será que o nível relativamente silencioso do ruído vem a custas do aquecimento do case? Quando se aplica uma carga leve, como ao usar Office, a resposta é clara, "Não". A superfície do portátil nunca excede os 30 °C e o lado inferior nunca ultrapassa os 30,5 °C. Mas o que acontece quando se aplica uma carga pesada?

Aqui podemos notar um aquecimento significante da superfície do portátil.  Depois de um teste de estresse (pouco realista) de uma hora com Furmark e com prime95, a superfície atingiu 42,1 °C, enquanto que o lado inferior esquentou até 43,1 °C. O pousa palmas permaneceu consideravelmente mais frio com 35,1 °C. O adaptador esquentou muito com até 53 °C. Estas pontuações são altas demais, mas não deveríamos lhes dar importância demais. A HP tem um exemplo consideravelmente pior com seu Pavilion g7-2051sg onde o lado inferior atinge até 63 °C, que é muito mais quente. Portanto, usar o nosso modelo de teste sobre as pernas é possível, até mesmo quando se aplica carga pesada. 

Mas, e o desempenho após um teste de estresse? Executamos o 3DMark 06 diretamente após o teste de estresse. O portátil de 15,6 polegadas então atingiu 8374 pontos após o teste de estresse, em vez de 8381 pontos após um início em frio. A diferença e de apenas cerca de sete pontos, portanto o afogamento pelo aquecimento durante tarefas pesadas, não deve ocorrer aqui. 

Carga Máxima
 36.6 °C34.5 °C31.4 °C 
 39 °C42.1 °C31.1 °C 
 35.1 °C33.6 °C30.2 °C 
Máximo: 42.1 °C
Médio: 34.8 °C
30.2 °C43.1 °C43 °C
29.2 °C41.1 °C41 °C
29.4 °C35.1 °C40.3 °C
Máximo: 43.1 °C
Médio: 36.9 °C
alimentação elétrica  53 °C | Temperatura do quarto 23.4 °C | Voltcraft IR-360
(±) The average temperature for the upper side under maximal load is 34.8 °C / 95 F, compared to the average of 30.9 °C / 88 F for the devices in the class Multimedia.
(±) The maximum temperature on the upper side is 42.1 °C / 108 F, compared to the average of 36.5 °C / 98 F, ranging from 21.1 to 71 °C for the class Multimedia.
(±) The bottom heats up to a maximum of 43.1 °C / 110 F, compared to the average of 38.8 °C / 102 F
(+) In idle usage, the average temperature for the upper side is 28.1 °C / 83 F, compared to the device average of 30.9 °C / 88 F.
(+) The palmrests and touchpad are reaching skin temperature as a maximum (35.1 °C / 95.2 F) and are therefore not hot.
(-) The average temperature of the palmrest area of similar devices was 29.1 °C / 84.4 F (-6 °C / -10.8 F).

Alto falantes

A HP instalou os alto falantes acima do teclado. Além disso, no lado inferior do portátil multimídia está o subwoofer HP Triple Bass Reflex. Os baixos são uma vantagem e enfatizam a categoria "multimídia" do portátil. Alto falantes externos podem ser conectados através de um conector de 3,5mm.  Alternativamente o portátil pode ser conectado com diferentes sistemas de alto falantes através do HDMI.

Consumo da Bateria

O baixo consumo de energia pode afetar tremendamente a duração da bateria. Ao usar Office, o HP Pavilion m6-1050sg funciona de com apenas 10,1 Watts. O Acer Aspire V3-551G-10468G50Makk consome apenas três watts a mais durante o modo inativo. O consumo de energia muda drasticamente sob tarefas exigentes. Aqui o portátil multimídia consome até 56 Watts; um dos motivos são as duas placas de vídeo, que funcionam simultaneamente sob carga pesada. Portanto, o adaptador fornece o suficiente com seus 90 Watts. 

Consumo de energia
desligadodarklight 0.1 / 1.2 Watt
Ociosodarkmidlight 7 / 9.7 / 10.1 Watt
Carga midlight 56 / 48.1 Watt
 color bar
Key: min: dark, med: mid, max: light        Voltcraft VC 940

Duração da Bateria

Mínima duração da bateria (Teste Classic)
Teste Classic

O consumo de energia faz referência ao adaptador. A bateria usada pela HP para este portátil multimídia tem uma capacidade de cerca de 65 Wh. Testamos a duração da bateria em três cenários diferentes. Primeiro determinamos a máxima duração da bateria. Começamos com o Software Battery Eater no Teste Readers com configurações de desempenho mínimo (WLAN e Bluetooth desligados, nível mínimo de brilho). O portátil de 15,6 polegadas durou cerca de 5 horas e 51 minutos. Simulamos a navegação pela internet em um teste realista. Ativamos o WLAN e escolhemos o brilho máximo para atingir aproximadamente 150 cd/m². Aqui, similar ao Acer Aspire V3-551G-10468G50Makk, a bateria durou 4 horas e 19 minutos. O Fujitsu Lifebook AH532 funciona com o processador Intel Core i5-3210M (2,5 GHz) e a placa de vídeo NVIDIA GeForce GT 640M LE. Com uma bateria com capacidade de 48 Wh, o portátil de 15,6 polegadas ficou sem energia no teste de navegação, após 3 horas e 28 minutos.

No mesmo teste, também testamos a duração da bateria sob carga pesada. Escolhemos a configuração de desempenho máximo e executamos o Battery Eater no teste Classic. Como se esperava, o fim do jogo chegou antes. Apesar de tudo, uma duração de 1 hora e 53 minutos não é para esconder (por comparação: Acer Aspire V3-551G-10468G50Makk 1 hora 16 minutos). No geral, estes são bons resultados para um sistema com um processador quad-core. 

Tempo de Execução da Bateria
Ocioso (sem WLAN, min brilho)
5h 51min
Navegar com WLAN
4h 19min
Carga (máximo brilho)
1h 53min

Veredicto

O portátil multimídia da HP, Pavilion m6-1050sg tem um veredicto ambivalente. O case de  alumínio tem um visual luxuoso e o desempenho do processador do quad-core  AMD A10-4600M é como se esperava (desempenho similar ao do Intel Core i5-430M). A resolução de duas placas de vídeo da AMD Radeon HD 7660G + HD 7670M Dual Graphics permite rodar jogos atuais com uma resolução de até 1366x768 pixels com nível de detalhes médios. As teclas direcionais pequenas demais são desconfortáveis ao jogar; no entanto, este é o único ponto de crítica sobre o dispositivo de entrada. O sistema de som também é muito bom. 

 A tela não convence. A tela refletiva tem muito pouca iluminação e contraste fraco. Portanto, este portátil multimídia não é bom para o uso em exteriores.

Aqueles que podem viver com uma tela ruim obtêm um sólido portátil de 15,6 polegadas por 700 Euros (~$906). Se você deseja investir um pouco mais, o Asus N56VZ-S4044V é recomendável. Aqui o cliente obtém um portátil multimídia com desempenho superior e uma tela de alta qualidade, por 1000 Euros (~$1295).

Fornecido pela... GetGoods
Em Análise: HP Pavilion m6-1050sg
Em Análise: HP Pavilion m6-1050sg, fornecido pela:

Especificações do portátil

HP Pavilion m6-1050sg (Pavilion m6 Serie)
Processador
Memória
8192 MB 
Pantalha
15.6 polegadas 16:9, 1366 x 768 pixel, AU Optronics B156XW03 V2, Brilhante: sim
placa mãe
AMD A70M
Disco rígido
Toshiba MK6476GSX, 640 GB 
, 5400 rpm
Placa de Som
AMD Hudson-2 High Definition Audio Controller
Conexões
1 USB 2.0, 3 USB 3.0, 1 VGA, 1 HDMI, 1 Kensington Lock, Conexões Audio: Conector combinado, Card Reader: Laitor de cartões SD, 1 Leitor de Impressões Digitais
Funcionamento em rede
Realtek RTL8168/8111 Gigabit-LAN (10/100/1000/2500/5000MBit/s), Broadcom 802.11n (a/b/g/n = Wi-Fi 4), Bluetooth 4.0
Unidade ótica
HP CDDVDW TS-U633J
Tamanho
altura x largura x profundidade (em mm): 25 x 379 x 250
Bateria
65 Wh Lítio-Ion, 6 células
Sistema Operativo
Microsoft Windows 7 Home Premium 64 Bit
Camera
Webcam: HP TrueVision HD Webcam
Características adicionais
24 Meses Garantia
peso
2.4 kg
Preço
899 Euro

 

O processador quad-core A10-4600M da AMD é a base do portátil multimídia.
O processador quad-core A10-4600M da AMD é a base do portátil multimídia.
O HP Pavilion m6-1050sg inclui até mesmo um leitor de impressões digitais.
O HP Pavilion m6-1050sg inclui até mesmo um leitor de impressões digitais.
A bateria fornecida tem uma capacidade de 65 Wh.
A bateria fornecida tem uma capacidade de 65 Wh.
A tampa da tela captura impressões digitais com facilidade.
A tampa da tela captura impressões digitais com facilidade.
Há fácil acesso para o interior do sistema no lado inferior
Há fácil acesso para o interior do sistema no lado inferior
É usado um teclado tipo chiclet com pad numérico completo.
É usado um teclado tipo chiclet com pad numérico completo.
O portátil multimídia pesa 2,4 kg.
O portátil multimídia pesa 2,4 kg.
A tela integrada tem brilho deficiente.
A tela integrada tem brilho deficiente.
O HP Pavilion m6-1050sg de 15,6 polegadas tem uma tela refletiva.
O HP Pavilion m6-1050sg de 15,6 polegadas tem uma tela refletiva.

Equipamentos Similares

Portáteis com o tamanho de tela e peso

Breve Análise do Portátil HP Pavilion 15 (Core i5-8250U, NVIDIA MX130)
GeForce MX130, Kaby Lake Refresh 8250U, 15.6", 1.93 kg
Breve Análise do Portátil HP Pavilion 14 (i7-8550U, MX150)
GeForce MX150, Kaby Lake Refresh 8550U, 14", 1.69 kg
Breve Análise do Portátil HP EliteBook 1050 G1 (i7-8750H, 4K, GTX 1050 Max-Q)
GeForce GTX 1050 Max-Q, Core i7 8750H, 15.6", 2.06 kg

Biblioteca de Testes

Links

Comparação de preços

Pro

+Case de alumínio
+Bons dispositivos de entrada
+Leitor de impressões digitais
+Bom som
 

Contra

-Tela escura
-Teclas direcionais muito pequenas

Em resumo

Do que gostamos

O HP Pavilion m6-1050sg é versátil, no entanto, não consegue convencer em nenhum campo em particular.

Do que sentimos falta

Teclas direcionais maiores, uma tela convincente.

O que nos surpreendeu

Tela ruim por um bom dinheiro.

Concorrência

Asus N56VZ-S4044VAsus N55SL-S1016VFujitsu Lifebook AH532Lenovo IdeaPad Z580Acer Aspire V3-551G-10468G50MakkAcer Aspire V5-571GDell Inspiron 15R Special Edition

Assessment

HP Pavilion m6-1050sg - 12/13/2012 v3(old)
Konrad Schneid

Acabamento
82%
Teclado
80%
Mouse
82%
Conectividade
73%
Peso
82%
Bateria
87%
Pantalha
65%
Desempenho do jogos
83%
Desempenho da aplicação
88%
Temperatura
82%
Ruído
79%
Impressão
79%
Médio
80%
80%
Multimedia - Médio equilibrado
Please share our article, every link counts!
> Análises e revisões de portáteis e celulares > Análises > Análises > Arquivo de análises próprios > Análise do Portátil HP Pavilion m6-1050sg
Konrad Schneid, 2012-11- 2 (Update: 2013-06- 6)